//6 erros na apresentação de produtos que irão fazer você perder vendas

6 erros na apresentação de produtos que irão fazer você perder vendas

Como a sua empresa trabalha a apresentação de produtos aos clientes? Alguns erros nesta etapa podem ser a diferença entre uma venda concretizada e uma venda perdida.

A apresentação de produtos é um dos grandes momentos na vida da área comercial de qualquer empresa.

Por isso, seja para apresentar os produtos de uma empresa a clientes, parceiros, investidores ou mesmo para a equipe interna, a apresentação deve ser efetiva e assertiva.

Engajando e envolvendo aqueles que ouvirem a apresentação, para que se sintam animados com os produtos ou serviços de sua empresa.

Para que a sua empresa pare de cometer erros, na hora de apresentar seus produtos ou serviços, que estão fazendo com que sejam perdidas vendas, vamos dar 6 dicas para a apresentação de produtos. Confira!

Os 6 erros na apresentação que devem ser evitados

1. Não ser claro nos objetivos

Um dos principais erros cometidos pelas empresas na apresentação de seus produtos é a falta de clareza e objetividade naquilo que foi falado.

Ao final da apresentação, um dos seus principais objetivos deve ser que a sua audiência tome alguma ação. Seja querer saber mais sobre o produto, agendar uma demonstração ou, no melhor dos casos, já comprá-lo.

Por isso, é importante identificar para quem a apresentação será direcionada e, a partir disso, ajustar o propósito dela, para que converse diretamente com as necessidades e desejos da audiência. Assim, a apresentação do produto irá gerar resultados bem melhores!

2. Não respeitar o conhecimento atual dos clientes

Ao apresentar um produto, mesmo que ela traga um conceito novo e inovador ao mercado, os seus clientes já irão ter um conhecimento sobre do que se trata.

Afinal, a vivência deles com a sua indústria, mesmo que não seja com o seu produto ou sua empresa, já lhes deram algum conhecimento prévio.

Por isso, na apresentação de produtos, evite se apegar muito a detalhes históricos e desnecessários sobre o seu mercado.

É até possível citar coisas que antecedem o mercado, antes da chegada do seu produto, porém, procure focar mais em como o seu produto irá transformar a indústria e o mercado, dali para frente.

3. Não valorizar o storytelling da apresentação

Contar uma história é, definitivamente, o caminho mais poderoso a seguir na apresentação dos produtos de sua empresa.

Elas ajudam a sua audiência a enxergar e criar uma conexão emocional e intelectual com os produtos ou serviços de sua empresa. Indo muito além de um Conteúdo apenas comercial.

Ao criar essas conexões do produto com uma história dele, você estará dando uma narrativa ao seu produto, mostrando como ele irá resolver as dores de seu cliente.

Uma conexão que é muito mais forte do que quaisquer outros fatores que permeiam os produtos, tais como preço, concorrência, entre outros.

Para utilizar os aspectos de storytelling na apresentação de produtos, você pode demonstrar casos de sucesso de uso de seu produto, dando enfoque ao lado humano do uso do produto. Ou seja, como os problemas e dores da vida real de seus clientes foram solucionados.

4. Não apresentar o seu produto como único

Ao realizar uma apresentação dos produtos de sua empresa, é necessário criar mecanismos para que a sua audiência os identifique como únicos.

Por isso, a sua apresentação precisa articular com os valores específicos e importantes para determinado público.

Mas aqui, não estamos falando dos detalhes técnicos e descritivos de seu produto (a não ser, claro, que o seu público seja extremamente técnico), mas sim, o porque eles precisam deste produto e como ele vai solucionar os problemas que estão vivenciando.

Desta forma, é preciso apresentar o seu produto como uma solução definitiva e eficaz para o seu público, destacando e exaltando os benefícios dele.

5. Não utilizar um design claro e conciso

A forma de apresentar os seus produtos também tem um papel importante para o sucesso da apresentação comercial.

E quando se tratar de vender algo, os aspectos visuais devem estar acima das explicações textuais e verbais do produto.

Isto porque, nós humanos, temos a tendência natural de criarmos conexões visuais de forma bem mais fácil e rápida.

Por isso, tente apresentar um Design de suas apresentações rico, com o uso de imagens poderosas e relevantes para o seu público. Evitando lotar as apresentações com textos demais.

Se a apresentação for em vídeo, a mesmo lógica é válida, com a preocupação de contar um história visualmente rica e que irá encantar o seu público.

6. Não caprichar na visualização de dados

Para muitos produtos ou serviços, a apresentação de dados de mercado, de desempenho ou de consumo serão necessárias, para o convencimento dos clientes.

Porém, aqui está um grande gargalo da maioria das apresentações de produtos. Como apresentar dados que ajudem a contar a história do produto e não confundam os clientes?

Caso a sua apresentação de produtos precise fazer uso de dados, utilize-os de forma a enriquecer o tema, demonstrando, por exemplo, os números por trás do problema que seu cliente enfrenta atualmente.

No entanto, para que isto seja efetivo, não apenas “jogue” os números para o público. Assimile eles através de gráficos e outras formas de apresentar dados, de forma que eles se tornem mais relevantes.

Os dados podem contar poderosas histórias sobre o seu produto, sua empresa, seu mercado ou mesmo o seu cliente. Por isso, não se esqueça de abordá-los sob a perspectiva do Storytelling de Dados.

Conclusão

Você notou que citamos dois aspectos fundamentais para a apresentação de produtos da sua empresa? Eles são: Conteúdo e Design.

Na hora de apresentar os seus produtos, é preciso levar em consideração estes aspectos com muito cuidado. Eles são a verdadeira diferença entre aquela apresentação que ninguém se lembrará, daquela que irá trazer muitos novos clientes para o seu negócio.

Conteúdo e Design fazem parte da Metodologia CDP, a técnica para criação, estruturação e preparação para apresentações de impacto que nós, da Smartalk, seguimos e oferecemos aos nossos clientes.

A Metodologia CDP engloba os aspectos de Conteúdo, Design e Performance, fatores que fazem parte das apresentações de produtos mais impactantes de todos os tempos.

Quer conhecer um pouco mais sobre a Metodologia CDP? Então, convidamos você a visitar o nosso blog e aprender como as suas apresentações de produtos podem saltar de patamar.