//Como Fazer SEO Para página de categoria de sua loja virtual

Como Fazer SEO Para página de categoria de sua loja virtual

O desenvolvimento de uma loja virtual envolve etapas que se mostram fundamentais para o sucesso de página na internet. Desde o processo de criação ao lançamento do site, é preciso ter atenção a alguns pequenos (ou grandes) detalhes que vão fazer toda a diferença.

A organização dos produtos dentro do site é um desses detalhes. E como organizar tudo de forma clara e objetiva? é aí que entram as páginas de categoria.

Dividir o site em categorias é ordenar e orientar a navegação dos usuários dentro da página, algo crucial para que o ranqueamento nos mecanismos de busca seja mais elevado.

Mas como fazer SEO nessas páginas? Se você chegou até aqui para saber isso, fique tranquilo. A seguir vamos te explicar exatamente o que deve ser feito!

A importância do SEO

Nenhum site consegue obter resultados orgânicos se não tiver um SEO bem fundamentado. É através do conjunto de estratégias realizadas visando otimizar a página que o ranqueamento nas páginas de busca é elevado.

Se, por exemplo, os títulos forem muito longos, os mecanismos de busca tendem a “jogar” cada vez mais para trás a sua página. E sabendo que os usuários da internet costumam escolher os primeiros resultados encontrados na busca, é preciso estar o mais próximo possível disso.

Dicas de SEO para página de categoria

Em relação a páginas de categorias, elas são muito importantes no aspecto organizacional do site. Cada categoria deve ser imaginada como uma família para os produtos.

Um exemplo para deixar a situação mais clara. Digamos que o seu site é sobre venda de carros e você quer organizar apenas os carros ano 2010 que sejam em modelo sedan. A categoria principal pode ser carro usado. A primeira subcategoria pode ser o ano 2010. E a segunda subcategoria o modelo sedan.

• Categoria: Carro usado
• Subcategoria: 2010
• Subcategoria 2: sedan

Confira a seguir cinco dicas de SEO para páginas de categoria:

Seja simples: adote sempre a estratégia do “menos é mais”. Não queira enfeitar demais as categorias. Seja direto e claro naquilo que deseja dividir. Quanto mais fácil ficar para o cliente encontrar o produto (e entender a divisão das categorias), melhor será a resposta que ele dará ao site: acessos.
Use a similaridade: classificar produtos muito diferentes em categorias semelhantes só irá confundir os clientes e os mecanismos de busca. Tenha na similaridade dos produtos uma espécie de filtro para saber o que e onde dividir.
Título: use palavras-chave para definir os títulos das páginas de categoria. Eles precisam ser chamativos e do tamanho ideal (não ultrapasse 80 caracteres).
URL amigável: os links (URL) das páginas devem ser o mais amigáveis possíveis, principalmente para que os mecanismos de buscas os classifiquem melhor. Evite palavras desnecessárias que atrapalhem a formatação.
Compartilhamento: disponibilize na página “ícones clicáveis” para compartilhamento em mídias sociais como Twitter e Facebook. Assim, o usuário que tiver uma boa experiência poderá passar a outras pessoas através das redes sociais a sua página e gerar mais um engajamento orgânico.
Faça cabeçalhos relevantes: Começando no topo, otimize as tags de cabeçalho . Certifique-se de que os cabeçalhos padrão da sua loja virtual sejam os mais otimizados possíveis. Isso provavelmente exigirá trabalhar com os desenvolvedores para mudanças. Como alternativa, você poderá alterá-los você mesmo, para substituir esses padrões em sua plataforma ou sistema de gerenciamento de conteúdo por versões otimizadas.
Tornar o texto do link relevante: “Clique aqui.” “Mais informações”. Estes são textos âncora pobres – sem sentido para os motores de busca. Usar uma linguagem vaga como texto de link perde uma oportunidade fantástica de aumentar a relevância nesta página, bem como na página para a qual o link aponta.
Otimize a navegação de sua loja: Navegação e filtros desempenham um papel interessante na otimização SEO de sua loja virtual. Por um lado, seu objetivo principal é ajudar os compradores a encontrar e comprar produtos, mas eles também desempenham um papel crítico na indexação, autoridade e relevância de cada página. Incluir palavras especificamente relevantes na navegação e nos filtros irá beneficiar a sua pesquisa natural.

Quanto mais otimizada para os mecanismos de busca a página de categorias for, mais altas são as chances do seu site crescer em número de visitas. E isso, afinal de contas, é o que todo dono de uma loja virtual quer, não é mesmo?

O que você achou das dicas deste post? Use o espaço dos comentários para compartilhar experiências e esclarecer qualquer dúvida que tenha ficado após a leitura!