//Qual a funcionalidade de um compressor dentro da indústria?

Qual a funcionalidade de um compressor dentro da indústria?

Os compressores são equipamentos extremamente fundamentais para para alguns setores, entre eles o segmento industrial. Mas você sabe exatamente qual a funcionalidade desses aparelhos?  

O compressor de ar tem como sua principal função captar o ar natural do ambiente, e armazená-lo dentro do seu próprio reservatório, dessa forma, oferecendo uma fonte contínua de ar.

Com isso, o ar comprimido pelo equipamento auxilia no funcionamento de diversas ferramentas pneumáticas, como por exemplo, lixadores, pistolas de pintura, furadeiras e também em outras linhas de produção industrial. 

Ficou interessado e deseja saber mais sobre a funcionalidade de um compressor dentro da indústria? Então acompanhe a leitura até o final. 

Utilidades de um compressor 

Quando falamos de um compressor de ar, falamos de equipamento capaz de captar o ar que está no ambiente e armazená-lo sob alta pressão em seu reservatório, gerando um ar comprimido. 

Como dissemos acima, o compressor é bastante utilizado nas indústrias, no entanto seu uso não se limita apenas a esse segmento. Podendo ser usado em mercados, funilarias e até para uso doméstico. 

Obviamente, que a sua utilização vai depender das atividades que pretendem ser exercidas e também da capacidade e especificação do equipamento, sendo úteis para várias finalidades.

Eles podem ser usados para pintura, envernização de objetos, acabamentos, pintura de automóveis, remoção de ferrugens e até em uso domésticos como pintar telhados, encher balões, pneus, entre outros. 

Como vimos os compressores de são muito utilizados em diversos ambientes, mas para que não existam erros na hora da utilização é necessário saber quais são os modelos adequados para cada tipo de aplicação. Confira abaixo os tipos de compressores.

Tipos de compressor

Compressores Rotativos

Entre os compressores rotativos, existem três tipos de modelos, o primeiro deles é o compressor rotativo multicelular. Onde a pressão é gerada através do fito do motor, as vantagens do modelo são o baixo ruído emitido e a pressão contínua. 

O segundo modelo é o chamado compressor duplo parafuso, que conta com dois parafusos em formatos de espirais e tem sua aparência meio arredondado e oca. Esse modelo conduz o ar por meio dos seus eixos, garantindo mais eficiência. 

O último modelo dos compressores rotativos, é o tipo roots, nesse modelo o ar é levado de um lado para o outro sem que haja alteração em sua forma. Permitindo uma alta rotação.

Compressores de Êmbolo

Outro tipo de compressor são os de êmbolo, que também contam com três modelos. Sendo o primeiro o compressor mais de pistão, que contém um êmbolo capaz de produzir movimentos lineares e que são apropriados para todos os tipos de pressões. 

Já os compressores de pistão de dois ou mais estágios, conseguem comprimir facilmente pressões mais elevadas de ar, pois passam compressões até duas vezes maiores. No entanto, esse modelo necessita de sistema de refrigeração para o calor gerado. 

Por fim os compressores de membrana, suas características são parecidas com a dos modelos de pistão, a diferença fica por conta do ar que não entra em contato com sua partes móveis, pois são separadas por uma membrana, evita possíveis contaminações.

Gostou de saber sobre a funcionalidade dos compressores e também os seus tipos? Conte para gente nos comentários e não de acompanhar as novidades.