/, Marketing/Redes Sociais para Indústria: passo a passo de planejamento que gera resultados

Redes Sociais para Indústria: passo a passo de planejamento que gera resultados

Toda empresa, para ter sucesso, precisa vender. Desde ideias à produtos e serviços. O objetivo é claro. Onde estão os seus clientes hoje?

Olha, eu não sei com o que – exatamente – você trabalha, mas uma coisa eu te garanto: seu cliente está na internet. Preciso explicar porque as redes sociais para indústria é de extrema importância?

As redes sociais, de forma geral, são deixadas de lado por muitas empresas. A verdade é que essas empresas estão perdendo uma grande chance de divulgar seu trabalho.

Não apenas, quando fazem mau uso das redes sociais para indústria, cria a sensação de que estes canais não trazem retorno.

Selecionamos esse passo a passo para você aprender a fazer um planejamento de redes sociais para indústria. Passando por todos os pontos importantes, fazendo com que você seja capaz de criar estratégias prontas para gerar bons resultados!

REDES SOCIAIS PARA INDÚSTRIA, POR QUÊ?

Quando a sua empresa está presente nas redes sociais ela permanece em contato constante com as pessoas. E podem ser clientes, leads, prospects, parceiros, fornecedores…

Desenvolvendo as redes você vai poder divulgar processos de produção, rotina da empresa, envolver profissionais e clientes. Uma das principais técnicas de marketing utilizadas atualmente é a humanização.

Vai ser através dela que você vai conseguir conquistar seu público. Conceitos simples do dia-a-dia como mostrar que você é igual a eles. Que eles fazem parte de todo o processo, da vida da sua indústria, vai fazer com que se sintam importantes e queiram participar mais.

Consequentemente, seus clientes vão se sentir acolhidos, familiarizados, entende? Por exemplo: por que a maioria das pessoas associam o refrigerante Coca-Cola com momentos em família?

Porque a Coca-Cola criou essa imagem. Natal, família, amigos… sempre momentos felizes, bons, com uma carga emocional muito forte. Lembre-se: o ser humano é feito de histórias!

PLANEJAMENTO DE REDES SOCIAIS PARA INDÚSTRIA

Assim como para qualquer outra empresa, de qualquer segmento, criar um planejamento vai explorar ao máximo o potencial das suas redes sociais. Além disso, um plano elaborado deixa a rotina mais simples e fácil de ser executado.

Fazendo isso com uma frequência de postagens definida, você vai permitir maiores chances da sua audiência se fidelizar. E utilizar ferramentas de agendamento prévio de posts.

Um dos segredos de um bom planejamento está na previsibilidade tanto da execução do plano quanto de resultados, já que é possível começar as projeções dos mesmos.

Para realizar um plano eficiente, você pode seguir essas etapas:

Criar uma estratégia

Aqui é o momento em que você vai começar a criar conteúdos ou medir resultados. É muito importante que você construa as bases para sua estratégia. Lembre-se que o seu plano vai ser moldado pelos objetivos que definir nesse primeiro momento.

1. Estabeleça um caminho

Quando falamos em redes sociais para indústria, por mais que a ideia seja de engajamento e interação entre empresa e público, isso não quer dizer que você vai fazer como faria com o seu perfil pessoal.

Por isso, toda estratégia precisa de um caminho. E aqui não seria nada diferente. É muito comum que as empresas cometam erros, principalmente no que se refere a não focar diretamente em um objetivo com cada canal.

Essa falta de propósito, fazer postagens apenas por fazer só vai causar a impressão de que investir nas redes sociais para indústria não dá resultado. O que não é uma verdade.

Ter uma visão oscilante que altera os objetivos das redes sociais com frequência causa instabilidade e dificuldade de mensuração dos resultados.

Então, para conseguir estabilizar os números e conquistar resultados satisfatórios, é preciso definir um foco. Essa etapa do processo é crucial, porque vai guiar a leitura das métricas.

Alguns exemplos de foco que você – talvez – possa usar na sua estratégia são: percepção da marca; base de contatos para venda; suporte ao usuário; vendas diretas; tráfego do seu blog.

2. Definição de KPI’s

Esse é o momento de trabalhar com seus objetivos de uma forma prática. A grande pergunta aqui é: como medir se estou conseguindo alcançar o objetivo proposto?

Os KPI’s [Key Performance Indicator | Indicador Chave de Performance] são uma forma de medir se uma ação ou um conjunto de iniciativas estão efetivamente atendendo os objetivos propostos pela empresa.

Por exemplo, se você quer medir se aumentou ou não a percepção da sua marca, pode usar KPI’s como número de menções a sua empresa em redes sociais. Além do engajamento da sua audiência com a página e o alcance das suas publicações.

Se o objetivo for gerar vendas, por exemplo, você pode analisar o número de leads gerados pelos canais utilizados. Dependendo do seu segmento, até pelas vendas feitas diretamente pelas mídias sociais.

3. Otimizar perfil de redes sociais para indústria

Muitas pessoas estão tão preocupadas em conquistar números, como número de curtidas, seguidores, até mesmo com a quantidade de postagens, que se esquecem do que realmente importa: conversão.

Bom, vamos começar pelo seguinte: suas redes sociais estão todas dentro da Identidade Visual da empresa? E a bio? Descrição? Sobre? Os links estão todos corretos? Foram pensados da melhor forma para gerar resultados?

Tudo isso está relacionado à otimização. E é através dela que a sua empresa vai ser, ou não, capaz de gerar conversão.

Garanta boa impressão e consistência nos seus perfis. De um jeito que quem entrar no seu perfil do Instagram ou do Facebook vai saber que se trata da mesma empresa logo de cara.

Quando falamos em redes sociais para indústrias, estamos falando, também, de novos métodos de vitrine para a sua marca/produtos. Então, faça dela a mais atrativa possível.

Produzir conteúdo de redes sociais para indústria

Com a estratégia pronta, agora você já pode partir para a produção de conteúdo.

Ah, a frequência e formato também são de extrema importância. Talvez você ainda não saiba, mas é preciso fazer algumas adaptações na hora de compartilhar seu conteúdo em diferentes canais.

Ainda sobre a frequência, uma dica de postagens para quem está começando a se aventurar nas redes:

– Facebook: 3 a 10 vezes por semana;

– Twitter: pelo menos 5 vezes por dia;

– LinkedIn: 2 a 5 vezes por semana;

– Pinterest: 5 a 10 vezes por dia.

Apesar de servir de guia, não é uma regra. Se você produziu um conteúdo e acredita que ele pode ser encaixado em mais de uma rede social, faça pequenas alterações para melhor se adaptarem. Não tem problema repetir os conteúdos nas redes.

  1. Reutilize conteúdo

Se você não tem uma equipe especializada ou um departamento específico para cuidar das redes sociais, e não tem muito tempo para ficar criando conteúdo novo, uma ideia é reutilizar o que já tem.

Mesmo que as suas redes sociais para indústria não tenham uma estratégia consistente, com certeza alguns conteúdos tiverem desempenho melhor que a maioria.

Na hora de criar seu calendário de conteúdo você pode repetir essas postagens. Além disso, também pode se inspirar nelas para criar novas. Falando sobre o mesmo assunto, usar imagens parecidas e call to actions repetidos.

2. Alcance novos objetivos com as redes sociais para indústria

A partir do momento que um novo objetivo é colocado, você precisará produzir novos conteúdos para alcançá-los. E um jeito bem interessante de fazer isso é reunindo sua equipe e conversando sobre o assunto. A fim de elaborar novos conteúdos.

Outra maneira bacana de fazer isso é se inspirando em outras empresas, que podem ser do mesmo segmento que o seu ou não. Utilize referências.

Você também pode reforçar ideias que já existiam nas suas redes e criar novos conteúdos, semanais, por exemplo. Por exemplo:

– cotidiano da empresa;

– datas comemorativas;

– estímulo à interação (enquetes, quizzes e perguntas);

– conteúdo informativo e curiosidades;

– posts produzidos pelos usuários [reposts];

– notícias e atualidades da sua área de atuação.

3. Crie um calendário editorial

Assim você não se perde em meio ao que foi produzido, postado e agendado. Esse calendário é basicamente uma programação com os dias e horários que irá fazer as postagens.

Mas calma, não é nada burocrático. E também não é preciso preencher tudo de uma vez. Você pode fazer ao longo do mês. Mas é importante que consiga se planejar, principalmente para aqueles posts que precisam de mais tempo, como vídeo ou imagens elaboradas.

Análise de resultados

Como o próprio nome da etapa diz: é hora de analisar. Ver o que foi bem-sucedido e o que pode ser melhorado.

  • Revise os números

Busque pelos KPI’s e faça um acompanhamento do que você traçou na primeira etapa. A partir deste olhar analítico você será capaz de determinar o sucesso das suas ações.

Essa análise de dados deve ser feita pelo menos uma vez por mês. Mas o ideal é acompanhar os números ao longo do mês. Já que você pode alterar caso os resultados sejam abaixo do esperado.

  • Reajuste quando necessário

Quando estiver com os resultados da análise em mãos poderá ver com clareza quais foram os erros e acertos. A partir daí, continuar com a mesma estratégia ou mudar.

  • Mídias pagas

Para que um conteúdo patrocinado funcione, vai depender bastante de cada estratégia. Por isso, depois de analisar seus números, você será capaz de determinar quais foram os posts que tiveram a melhor performance.

Eles serão os mais indicados para investimentos. Porque se deram certo de forma orgânica, com certeza terão grandes chances de darem bons resultados quando patrocinados.

Agora que você já sabe como criar um planejamento de redes sociais para indústria, que tal colocar a mão na massa?!

Mas se você ainda não se sente confiante o suficiente para fazer isso sozinho, tem nada não! Conheça experts em Gerenciamento de Redes Sociais!

Esse artigo foi escrito por Júlia Marreto, redatora da RedCake Agência Digital.