//5 estratégias do marketing 4.0 aplicadas na indústria

5 estratégias do marketing 4.0 aplicadas na indústria

O conceito de Marketing 4.0 foi proposto por Philip Kotler, em seu livro “Marketing 4.0: Do tradicional ao digital”.

No Marketing 1.0, o foco era o produto, enquanto o 2.0 priorizava o consumidor e suas necessidades, o 3.0 era voltado para os valores da marca e o 4.0 envolve todas essas prioridades, mas tem como principal característica a humanização da marca.

Veja abaixo algumas dicas para começar a aplicar estratégias de marketing 4.0 em sua empresa.

#1 – Compreensão das necessidades do público

Diferente de outros tempos, onde o processo era pensado apenas com foco no produto, agora as empresas precisam apresentar outros benefícios ao público. Clientes em geral buscam uma comunicação mais próxima com as marcas, mais pessoal.

Para que seja possível estabelecer essa comunicação, entendendo quais são as necessidades mais comuns das pessoas que entram ou podem entrar em contato com sua marca, defina suas buyer personas. Elas são perfis fictícios dos seus clientes, construídas através de levantamento de dados sobre quem já compra seus produtos e também de pessoas que utilizem serviços semelhantes ao oferecidos pela sua empresa.

#2 – Marketing de conteúdo para aproximar o público da marca

Se pensarmos na ideia de aproximação entre o ambiente físico e o digital, por exemplo, a empresa norte-americana John Deere pode ser usada como referência. Em seu canal no YouTube, a John Deere apresenta os seus produtos a partir de depoimentos de pessoas que fazem uso deles, o que torna a abordagem mais próxima para o público que pode se interessar por comprar algum item.

Além de atrair novos clientes e seguidores, ações como essa valorizam as pessoas que já utilizam os serviços oferecidos pela sua empresa.

#3 – Marketing tradicional e marketing digital integrados

A “versão 4.0” integra estratégias de marketing tradicional e marketing digital, com o objetivo de garantir a fidelização do público e aumentar as vendas. Porém, vale destacar a importância de definir corretamente quais os canais devem ser utilizados para impactar os contatos que possam se tornar clientes do seu negócio.

Lembra das buyer personas, citadas no tópico #1? Então, além de demonstrarem quais são as principais necessidades do público, elas indicam quais canais são utilizados com maior frequência pelas pessoas que podem se tornar clientes.

#4 – Utilize o online para divulgar espaços físicos da sua empresa

Criando uma conta no Google Meu Negócio, é possível inserir informações sobre a sua empresa, que ficarão disponíveis para pessoas que buscarem por sua empresa ou por segmentos relacionados a ela. Além de divulgar o espaço físico, através do Google Maps é possível criar um tour pela sua empresa. Assim, quem encontra a sua marca pelo buscador pode visitar sua empresa sem sair de casa.

#5 – Relacionamento com o público nas redes sociais

Ter um bom relacionamento com o público, independente do estágio da jornada de compra em que ele se encontra é muito importante para a consolidação da sua marca. Se você produz conteúdo para os seus seguidores e, principalmente, interage com eles, o nível de satisfação com a empresa pode aumentar.

As interações com o público podem ser feitas através de respostas em publicações ou mesmo através de chats, que podem ser respondidos de forma automática (através da criação de respostas prévias) ou então com o auxílio de um atendente em tempo real.

As 5 dicas apresentadas podem fazer com que sua marca se torne mais próxima do público e, com o passar do tempo, cada vez mais humanizada. Não esqueça de analisar, antes de definir suas ações de marketing, quais os interesses do seu público, quais canais eles utilizam para se informar e outros dados. Assim, você dedica o seu tempo para planejar ações realmente objetivas, considerando as informações obtidas em sua análise.