//O que o Grupo Ideal Trends ensina sobre cultura empresarial

O que o Grupo Ideal Trends ensina sobre cultura empresarial

Quando se fala em cultura, automaticamente os pensamentos são direcionados à arte, dança, pintura, música, culinária e essa associação não está totalmente errada , entretanto, esses são alguns elementos que a compõe.

Podemos definir cultura como tudo aquilo que forma uma sociedade ou grupo, seus valores, crenças, comportamento, aptidões, conhecimento, símbolos,  dentre outros pontos. Logo, cada lugar possui a sua e não há uma certa ou errada.

Cultura é um assunto tão plural que além de não existir um modelo ideal, possui significados diferentes a cada pessoa e local, tendo a valorização de princípios como algo relativo quando são considerados pelo coletivo.

A cultura está presente em todos os lugares e por mais que não seja consciente, independente do ambiente, existem princípios a serem seguidos, figuras de linguagem, vestimenta, regras e códigos de ética. É a partir dessa reflexão, que surge o conceito de cultura empresarial ou organizacional.

Como é a cultura empresarial?

Este conceito ganhou relevância na segunda metade do século XX, na prática, dita o ritmo da empresa e é fundamental para definir se ela terá sucesso ou não.

Tema em alta nas salas de reunião das organizações, a cultura empresarial nasce a partir da mentalidade de seus idealizadores e precisa  ser aplicável a todos, do CEO ao aprendiz, sendo implantada conscientemente e não impositivamente, gerando identificação.

Como assim?

Em palavras mais diretas, a empresa é a sua cultura e não possui uma! Mais que estar clara a todos os colaboradores, a cultura empresarial precisa ser registrada, fazendo com que todos tenham conhecimento sobre ela  e assim caminhem em direção aos mesmos objetivos.

A cultura empresarial reflete, essencialmente, em dois aspectos: atrair profissionais identificados com valores, princípios e causas da empresa e eliminar aqueles que não se adaptam ou têm pouca estima por ela.

Cultura empresarial é mais que regras e padrão ético

A cultura presente em uma organização não define como seus integrantes devem se comportar ou o que é certo e errado se fazer, ela é empregada com o objetivo de gerar engajamento, identificação e assim proporcionar valor ao ambiente e ao trabalho que cada um executa cotidianamente.

Em sua essência, a cultura empresarial visa formar seres humanos melhores, sendo missionária e a partir disso alcançar os êxitos consensuais, como reconhecimento no mercado e lucratividade:

  • Diplomacia;
  • Coletividade;
  • Flexibilidade;
  • Prudência.

Esses são alguns dos fatores que permitem os colaboradores terem compreensão pela cultura da empresa e segui-la através da afeição.

O Grupo Ideal Trends e a sua cultura

Composto por 21 empresas dos segmentos de marketing digital, saúde, cosméticos, serviços e ONG, o Grupo Ideal Trends foi arquitetado por José Paulo Pereira Silva, um dos maiores empreendedores brasileiros da área de tecnologia.

O empresário é formado em engenharia de produção, mestre e doutor em administração de empresas e pós-doutor em relações internacionais pela Florida Christian University – FCU (LinkedIn de José Paulo).

Hoje, o Grupo Ideal Trends destaca-se entre os grandes conglomerados do Brasil e está em expansão para países como Chile, México, Estados Unidos e Alemanha, tendo sempre a cultura do grupo como base.

Mas o que a cultura do Grupo Ideal Trends tem de tão interessante?

A cultura empresarial do grupo é formada por 10 princípios transformadores e portanto, podem ser considerados um case de sucesso. As lições do Grupo são:

  • Sonhar grande: ‘’desejo de construir uma grande empresa que seja a melhor no que faz é o que nos inspira e estimula a trabalhar juntos na mesma direção’’;
  • Meritocracia: ‘’grandes empresas são formadas por pessoas excelentes, esta é a única vantagem competitiva realmente sustentável’’;
  • Formar líderes: ‘’quem não tiver sucessores à altura não poderá ser promovido. É preciso identificar potenciais que, com o desenvolvimento, os desafios e incentivos adequados, ajudem a atingir as metas da empresa e superem os próprios chefes’’;
  • Ser exemplo: ‘’a liderança pelo exemplo pessoal é o melhor guia para a nossa cultura. Fazemos o que dizemos’’;
  • Resultados: ‘’resultados importam. Mas só se respeitarem a estrutura ética e normas da empresa’’;
  • Agir como dono: ‘’somos todos donos da empresa, e um dono assume a responsabilidade pelos resultados pessoalmente’’;
  • Simplicidade e franqueza: ‘’nada substitui o discernimento e o bom senso’’;
  • Empresa enxuta: ‘’não há mal algum em ser uma empresa enxuta, assim nos sobram mais recursos para investir e incrementar vendas. Empresas enxutas e eficientes sobrevivem mais facilmente a tempos difíceis’’;
  • Trabalho duro: ‘’nunca estamos plenamente satisfeitos com nossos resultados. É essa recusa em se acomodar à situação atual que nos garante vantagem competitiva duradoura’’;
  • Integridade: ‘’só podemos ter a melhor empresa se contarmos com a confiança e o envolvimento de todos os nossos stakeholders. Se for preciso, perdemos vendas para proteger marcas e reputações, isso é mais importante no longo prazo’’.

Do primeiro ao décimo item da lista, a ótica humana é preservada, acreditando, primeiramente, na evolução e índole das pessoas e como toda a empresa pode rumar ao topo a partir disso. Por isso, a cultura empresarial do Grupo Ideal Trends é um exemplo absolutamente bem sucedido.

Maiores detalhes sobre a cultura – Ideal Trends  

Cultura empresarial significa: ser

A aba ”sobre nós” no site de uma empresa é importante, mas não define e tampouco transparece a sua cultura. Cada ação de gestores e colaboradores no dia a dia é importante para reforçá-la:  postura, linguagem, exemplos e costumes.

Afinal, são esses os elementos que compõem uma cultura e pessoas a seguem. Resumindo, o exemplo prático é quem comanda e cada integrante é um representante da cultura.

Conheça os canais do Grupo Ideal Trends: Site, Facebook, Instagram e Youtube.