//Descubra quanto você deve investir para ter uma cozinha nova

Descubra quanto você deve investir para ter uma cozinha nova

A cozinha deixou de ser o local onde apenas são preparadas as refeições para se tornar um dos principais cômodos da casa, reunindo amigos e familiares enquanto são apreciados petiscos especiais. Por esse motivo, é muito comum encontrar pessoas que desejam renovar a cozinha para torná-la mais moderna, ampla e funcional, porém tem medo de se aventurar em uma reforma por acreditarem que os gastos irão fugir do controle. 

Para driblar esse problema, é possível fazer uma estimativa de preços médios dos principais serviços inseridos na reforma da cozinha, considerando os valores gastos com a mão de obra dos profissionais envolvidos e os materiais utilizados na obra. Dessa forma, você consegue ter um planejamento financeiro melhor para investir na reforma da cozinha sem medo de se endividar.

Algumas das principais áreas que costumam ser afetadas pela reforma da cozinha são:

  • Pisos e azulejos
  • Instalações hidráulicas
  • Instalações elétricas
  • Pintura da parede
  • Teto rebaixado
  • Bancada de granito
  • Móveis novos
  • Eletrodomésticos

Abaixo você confere o valor médio a ser investido em cada uma das áreas listadas acima. Lembre-se de adaptar os custos à sua realidade para ter uma cozinha nova dentro do seu orçamento.

Pisos e azulejos

É quase impossível pensar em uma reforma para a cozinha sem incluir a troca dos pisos e azulejos, que com o passar dos anos ficam com a aparência envelhecida, comprometendo toda a beleza do cômodo. As opções mais comuns de pisos e azulejos para a cozinha são os revestimentos cerâmicos, sendo que o valor médio a ser investido em um piso de porcelanato para uma área de 5 m² gira em torno de R$ 700,00, enquanto o valor dos azulejos para uma área com o mesmo tamanho é de cerca de R$ 500,00.

Instalações hidráulicas

Seja porque as instalações hidráulicas são antigas e estão apresentando defeitos como vazamentos e infiltrações, ou pela necessidade de inserir novos pontos de água na cozinha, o que não faltam são motivos para inserir esse item na reforma. Ao modificar as instalações hidráulicas, é fundamental utilizar materiais de qualidade e resistentes, para não ter problemas no futuro. O valor médio a ser investido para fazer as instalações hidráulicas em uma área de 12 m² fica em torno de R$ 3.500,00.

Instalações elétricas

Se a cozinha for antiga, é muito provável que as suas instalações elétricas estejam ultrapassadas e precisem passar por uma atualização. Esse serviço é importante não apenas para permitir a instalação de novos pontos de luz na cozinha, mas principalmente para garantir mais segurança na hora de ligar um eletrodoméstico novo na tomada sem o risco de ocorrer o curto-circuito. Para refazer a instalação elétrica da cozinha é necessário investir algo em torno de R$ 3.600,00.

Pintura da parede

O que seria de uma cozinha nova sem uma bela pintura? Embora seja comum revestir algumas paredes da cozinha com azulejos, eles não precisam estar presentes em todo o ambiente. Você pode deixar uma das paredes com azulejos, preferencialmente aquela que fica ao redor da pia, e apostar em uma tinta lavável para as demais paredes da cozinha, optando por uma cor que combine com o estilo decorativo do ambiente. O valor médio de uma pintura para a cozinha com 6 m² gira em torno de R$ 789,00.

Teto rebaixado

Esse é um tipo de serviço que não costuma estar presente em todas as reformas de cozinha, mas que pode trazer um diferencial para quem deseja renovar a aparência do cômodo apostando na instalação de luminárias embutidas e sancas. O rebaixamento do teto normalmente é feito com placas de gesso em drywall, e o custo médio desse trabalho fica em torno de 1.800,00 para uma área com 2 x 6 m.

Granito na bancada

O granito é um dos materiais favoritos dos brasileiros para ser instalado na bancada da cozinha graças à excelente resistência aliada ao ótimo acabamento que ele proporciona. Além disso, o granito está disponível em uma ampla variedade de cores e acabamentos, o que faz com ele se adapte bem aos mais diversos estilos de cozinha. Ele também oferece praticidade na limpeza e pode ser usado tanto na bancada da pia quanto em uma bancada para refeições rápidas. O custo aproximado de uma bancada de granito medindo 2 m x 0,60 cm gira em torno de R$ 1.650,00.

Móveis novos

O que não faltam são opções diferentes de materiais para serem usados nos móveis da cozinha, desde a tradicional madeira até o versátil MDF. Na hora de escolher os móveis certos, é importante anotar todas as medidas do ambiente e, sempre que possível, optar por peças planejadas, que oferecem mais funcionalidade e elegância à cozinha. O valor médio a ser investido em armários para a cozinha é de cerca de R$ 9.200,00, medindo 3,50 x 2,80. Para quem está em busca de economia, é possível apostar em uma reforma para os móveis antigos na cozinha, e o preço médio desse serviço pode variar entre R$ 1.000,00 e R$ 3.000,00.

Eletrodomésticos

Hoje em dia é quase impossível imaginar a vida sem a praticidade trazida pelos eletrodomésticos, e na cozinha eles são ainda mais essenciais. Ao escolher os itens que irão equipar a cozinha, é importante analisar os modelos e marcas disponíveis no mercado a fim de encontrar aqueles que ofereçam não apenas beleza, mas principalmente eficiência e durabilidade.

Lembre-se de observar também o consumo de energia de cada eletrodoméstico para evitar gastos excessivos com a conta de luz. O preço médio dos principais eletrodomésticos usados na cozinha fica em torno de R$ 1.450,00 para uma geladeira com 260 litros, cerca de R$ 418,00 para um cooktop com 5 bocas, em média R$ 847,00 para um forno de embutir com 46 litros e aproximadamente R$ 689,00 para uma coifa de parede com 90 cm.

Com essa referência de preços em mãos você poderá finalmente calcular o valor a ser gasto para ter sua cozinha renovada e planejar a obra com tranquilidade. Por que não começar desde agora?