//5 Elementos essenciais para posicionar o site de uma empresa no Google

5 Elementos essenciais para posicionar o site de uma empresa no Google

Posicionar um site de uma empresa no Google pode ser um divisor de águas entre o sucesso de um negócio ou não. 

Nos tempos atuais, o Google se tornou o maior balcão de negócios do mundo. Isso porque hoje as pessoas não tem mais o hábito de pedir indicações de produtos e serviços e sim de procurar por eles no Google.

E, além de ser encontrado pelo consumidor que deseja seu produto, estar entre os primeiros do Google naturalmente passa credibilidade para quem esta pesquisando. 

Hoje vamos falar sobre elementos essenciais para obter um bom posicionamento, que vai desse a hospedagem de sites até o conteúdo que está dentro dele.

O que preza o Google?

O Google bate muito na tecla de que seu algoritmo esta preparado para garantir uma boa experiência para o usuário. 

Em outras palavras, ele quer garantir que o usuário que esta realizando a pesquisa encontre sempre a melhor opção para o que esta buscando, seja um produto, um serviço ou uma informação. 

Para isso, ele é capaz de avaliar centenas de fatores relacionados a qualidade do site da sua empresa e também relativos a sua marca. 

Por isso é tão importante um serviço de Consultoria SEO. Pois são especialistas que conhecem o funcionamento do algoritmo e poderão auxiliar sua empresa a se posicionar na primeira página do Google. 

1 – Velocidade de Carregamento

O primeiro item para a boa experiência do usuário é o site de uma empresa carregar rapidamente.

As pessoas não possuem tempo e dinheiro para esperar e, quando o site não abre rapidamente, elas fecham e procuram uma outra opção.

Porém para que um site abra de forma rápida, existem vários fatores que podem influenciar.

O primeiro deles é como o site foi codificado. Para isso, procure um bom serviço de desenvolvimento de sites para lhe auxiliar.

Uma empresa especialista é capaz de ajudar em uma codificação eficiente. 

Outro fator que tem considerável impacto na velocidade é a hospedagem do site. 

Existem vários serviços de diferentes preços disponíveis na internet. Procure uma empresa de boa reputação. 

2 – O Conteúdo

Acredite ou não, o Google possui um algoritmo capaz de apontar o quão completo é seu conteúdo ou não. 

O Google se utiliza de inteligência artificial para aprender com o próprio mercado a respeito de um conteúdo.

Imagine que possui uma página para tratar sobre Churrasco. Nela, você não citou elementos vitais em churrasco, como carvão, grelha, espeto, carne, linguiça ou ainda frango. 

Além disso, sua página também não cita elementos que estão relacionados, como sal grosso, fim de semana, cerveja, refrigerante, piscina e outros. 

Logo, uma vez que o Google já processou inúmeros outros conteúdos sobre churrasco e sabe que estes outros termos estão relacionados, logo ele entende que um conteúdo completo deverá citar estes outros termos. 

Em resumo, o Google sabe quando o conteúdo de uma página é “raso” ou o conteúdo é completo. 

Além disso, há indicativos dos usuários que rejeitam páginas com conteúdo ruim que o Google é capaz de mensurar. Como por exemplo, quantas pessoas chegam até seu site através de uma busca e clicam no botão voltar, pois não se satisfizeram com o que encontraram. 

Então, desenvolva um ótimo conteúdo para suas páginas. 

3 – Navegabilidade

Seu site precisa ser fácil de navegar. As pessoas precisam encontrar as informações que precisam em poucos cliques.

É comum encontrarmos na internet sites de empresas confusos onde temos uma dificuldade enorme de navegar dentro dele. 

Uma boa estruturação pode além de agradar os visitantes, agradar também o Google.

4 – Reputação no mercado

Existe um outro importantíssimo fator, talvez um dos mais importantes, que é a reputação que sua empresa possui no mercado online. 

Basicamente o Google mede esta reputação através da quantidade de vezes em que ela é citada em um site externo através de um link apontando para uma de suas páginas.

Obviamente quanto melhor é a reputação de quem cita sua empresa, maior é a “autoridade” que este link transfere para seu site. 

Existe um trabalho realizado por Agências especialistas que é chamado de link building, que consiste basicamente em conseguir estes links, ou citações, em sites que estejam relacionados ao conteúdo de sua empresa.

Este é um trabalho bastante delicado, pois a artificialidade pode surtir como negativo e acabar até em uma penalização se feito de forma errônea e abusiva. 

5 – Sinais dos usuários

Um outro aspecto que tem ganho cada vez mais peso no ranking do Google são os sinais dos usuários.

Basicamente os usuários apontam para o Google quais páginas estão satisfazendo ou não seus anseios. 

Existem vários sinais, mas os mais usados são: 

  • CTR: Click Through Rate, é o percentual de pessoas que clicam em uma determinada página em função da quantidade de pessoas que pesquisaram.

Por exemplo, imaginem que 100 pessoas pesquisaram por Mídias Sociais e sua página esta na primeira posição orgânica. Agora imagine que dessas pessoas, 30 clicaram para visitar sua página. Ou seja, o CTR de sua página é de 30%.

Isso mostra para o Google que sua busca é ou não relevante para que o usuário esta pesquisando. Quanto maior é este índice, melhor é. 

Para melhorá-lo, é preciso caprichar nos títulos das páginas. De forma a chamar mais a atenção dos usuários;

  • Taxa de Rejeição: Outro sinal importante medido é a taxa de rejeição. Ela demonstra os usuários que buscaram no Google, visitaram sua página, clicaram no botão voltar do navegador e voltaram para acessar mais páginas pesquisadas no Google.

Isso demonstra para o buscador que ele não se satisfez com o conteúdo de seu site e teve que buscar novas opções;

  • Interações Sociais: A tendência quando uma página tem muita qualidade é que os usuários compartilhem, curtam e comentem nas mídias sociais. Estes sinais mostram também para o Google que seu conteúdo tem bastante relevância;

Estes 5 elementos são os mais importantes para posicionar o site de sua empresa nos resultados das buscas do Google.

Execute-os antes que seus concorrentes façam primeiro. 

Sucesso!