//Quais são as vantagens do marketing digital para a venda de imóveis?

Quais são as vantagens do marketing digital para a venda de imóveis?

Com a evolução da tecnologia, fica cada vez mais fácil aproximar vendedores e compradores, mesmo à quilômetros de distância. Compramos acessórios da China, roupas dos Estados Unidos e até alugamos casas em Rio das Ostras.

Ainda assim, no setor imobiliário, sempre é um grande desafio mostrar todos os benefícios que um apartamento ou casa oferecem. Dessa forma, mais do que tudo, devemos usar as ferramentas disponíveis ao nosso favor.

No post de hoje, destacamos quatro vantagens diferenciadas do uso de marketing digital na venda de imóveis. Confira:

1) Fazer com que potenciais compradores cheguem de forma passiva

Uma das expressões que mais aparecem quando estudamos sobre o uso da internet em ações de marketing é o inbound marketing.

Ele trata de técnicas que envolvem desde produção de conteúdo online para blog (escrito, em áudio ou em vídeo) até envio de e-mail marketing, que fazem com que o consumidor chegue de forma passiva até o vendedor.

O sucesso de uma boa estratégia de produção de conteúdo está em definir pautas com base nas diversas etapas do funil de vendas e delimitar palavras-chaves para serem utilizadas ao longo do conteúdo.

Quando o assunto é venda de propriedades, foque em conteúdos que tenham a ver com o estilo de vida do potencial comprador do imóvel, por exemplo, decoração, férias na praia, família crescendo, entre outros.

Já no uso de e-mail marketing, é interessante comunicar atualizações de mercado imobiliário, novos apartamentos e casas que foram adicionados ao site da imobiliária, além dos próprios conteúdos publicados no blog da empresa ou em sites parceiros que sejam de interesse dos potenciais consumidores.

2) Conhecer melhor os seus potenciais clientes

Dados são o novo ouro! É através deles que você consegue mudar sua estratégia de vendas de acordo com os interesses do seu consumidor.

O uso das redes sociais pode ser uma maneira de gerar mais conversa com o potencial comprador para buscar saber quais são os assuntos que ele tem vontade de aprender, quais são as regiões onde ele busca por imóveis, qual o tipo de casa ou apartamento que ele sonha em morar.

Com esses dados em mãos, você poderá produzir conteúdos de marketing digital, como comentamos no tópico anterior, que potencializam a vontade de compra do mesmo.

Outra maneira de monitorar e analisar o comportamento dos seus potenciais compradores é realizar pequenos testes através do conteúdo que envia por e-mail. Os chamados Testes A/B consistem na criação de duas versões de um mesmo conteúdo, enviados para dois públicos diferentes.

Uma das versões é a que você costuma utilizar normalmente, e a outra uma versão modificada, com algum tipo de alteração no título, ou no corpo do e-mail, como o uso de cores, fontes ou imagens diferenciadas.

Após enviar para dois grupos de pessoas diferentes, é feito uma análise de qual e-mail gerou mais conversões de acesso ou compra.

3) Comunicação mais próxima com o cliente

Uma vez que você mais pessoas interessadas nos seus conteúdos, e principalmente nos seus imóveis, é hora de investir em ações diretas. Eventos virtuais, como lives em redes sociais, para apresentar de perto os principais imóveis e tirar possíveis dúvidas são um bom exemplo.

Outra alternativa é criar um canal no Youtube com publicações constantes de vídeos do espaço interno e externo dos imóveis. Para divulgar esse tipo de ação, as mídias sociais serão suas maiores aliadas.

Publique extensivamente através do Facebook, Instagram e Newsletter quando estes eventos online acontecerão e avise sua lista de clientes e potenciais clientes sobre novos vídeos publicados no canal do Youtube.

Assim eles poderão acompanhar de perto as novidades dos imóveis à venda e poderão tomar decisões mais embasada na hora da compra. Adicionar uma ferramenta de chat ao seu site também pode ser uma estratégia para aumentar a aproximação com o cliente.

Hoje existem opções de aplicativos de chat no qual uma pessoa fica encarregada de responder as perguntas ou um roteiro é apresentado para otimizar o tempo de interação com o cliente, resolvendo questões rapidamente.

A segunda opção além de gerar menos custos pela automatização dessa função, também poderá fazer você ganhar mais pontos com um potencial cliente, por conta da rapidez das respostas.

4) Aliar marketing tradicional e digital

O uso de marketing digital pode ser potencializado ao aliar estratégias de marketing tradicional em seu escopo.

Um exemplo muito interessante é o uso de QRCode nas placas e cartazes de divulgação de venda de imóveis, que são firmadas nas janelas das casas e apartamentos ou em frente ao terreno que está para vender.

O QRCode nada mais é que um código de barras em 2D que pode ser escaneado pela maioria dos aparelhos celulares com câmera e redirecionam o usuário para uma página da internet, um vídeo, ou até mesmo um contato de telefone.

Para tornar esta estratégia ainda mais inovadora, direcione o link do QRCode a um vídeo 360º do imóvel, um site interativo, às redes sociais da imobiliária ou do corretor de imóveis.