//Tá preparado? 4 tendências do varejo que vão “roubar a cena” em 2020

Tá preparado? 4 tendências do varejo que vão “roubar a cena” em 2020

Meta description: O ano de 2020 está cada vez mais próximo. E se você não quer deixar a sua empresa de fora do que estará em alta no próximo ano, nós vamos contar aqui as 4 tendências do varejo que estão por vir.

O mercado de varejo tem crescido e ganhado cada vez mais espaço a cada ano que passa. Boa parte dessa evolução está relacionada ao avanço tecnológico exponencial que dão suporte à área. E em 2020 não será diferente e as tendências do varejo já começam a despontar para o próximo ano.

Entre as tendências do varejo em 2020, certamente já podemos falar que o universo do comércio varejista, tanto físico quanto digital tendem a expandir ainda mais a sua força, atraindo cada vez mais consumidores e realizando vendas.

Segundo estimativas da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), o faturamento do mercado brasileiros de vendas online em 2019, o famoso e-commerce, deve chegar a R$80 bilhões de reais. Um crescimento de 16% em relação ao ano anterior. E 2020 reserva mais expansão para o setor.

Então, se você tem uma empresa do ramo do varejo, não perca tempo. Para surfar a onda de crescimento que está para vir, leia este artigo até o fim de saiba quais serão as 4 tendências do varejos que vão “roubar a cena” em 2020 e não fique de fora.

1. Machine Learning e análise preditiva

O Machine Learning consiste em um tipo de tecnologia que é capaz de reunir grandes quantidade de dados e identificar padrões e extrair informações a partir desses dados.

Já a análise preditiva utiliza o Machine Learning para prever comportamentos e tendências a partir das informações padronizadas extraídas dos dados.

Esse tipo de tecnologia é de grande valia para os varejistas, pois possibilita extrair insights relacionados ao comportamento de consumo de seu público-alvo.

Com esses dados valiosos em mãos, é possível planejar ações estratégicas de vendas de acordo com o perfil de cada grupo de clientes, ações promocionais e até mesmo organizar melhor o estoque de acordo com as vendas de cada período do ano.

A partir dos investimentos em Machine Learning e análise preditiva, as empresas podem otimizar os custos com controle de estoque, logística e propaganda. Isso porque os algoritmos criados a partir dessas tecnologias possibilitam mapear demandas e tendências do seu mercado. Vale a pena prestar atenção à essa tendência de varejo.

2. Aplicativos móveis e segurança da informação

Muitos varejistas têm investido na criação de aplicativos para vendas e isso será uma forte tendência em 2020. Entretanto, principalmente e-commerces, devem ter uma preocupação especial com a questão da segurança da informação.

Afinal, os clientes que baixam aplicativos ou acessam sites para realizar compras disponibilizam dados pessoais e financeiros para realizar as compras. As lojas, por sua vez, devem oferecer segurança e proteção dessas informações para não expor seus clientes à riscos.

Para combater o risco de roubo de dados e fraudes, os varejistas estão migrando para soluções de dados e aplicações em nuvem, que oferecem mais proteção aos seus servidores e bancos de dados com recursos de criptografia avançados.

Esses mesmos procedimentos de segurança devem ser adotados internamento, com os colaboradores que têm acesso ao sistema e dados dos clientes. Dessa forma, a empresa se blinda contra invasões de todos os tipos. Esta é uma forte tendência de varejo para o próximo ano.

3. Abordagem omnichannel e gerenciamento de inventário em tempo real

A abordagem omnichannel é estabelecer o contato com seus público por meios de diversos canais. Esse comportamento tem se tornado cada vez mais comum no comércio varejista que tem realizado vendas pelos mais diversos meios, como aplicativos, celulares, tablets, e-mail, sites de e-commerces, entre outros.

O objetivo é estar em contato com o consumidor no melhor momento e plataforma para que a venda ocorra. Por isso, as empresas têm investido e, gerenciamento de inventário em tempo real para que a estratégia omnichannel não tenha lacunas.

O gerenciamento de inventário em tempo real está diretamente relacionado à cadeia de suprimentos de uma empresa e seus processos logísticos. Ela permite que pedidos, controle de estoque e envios sejam controlados em tempo real de forma unificada.

Com essa perfeita sincronização, o cliente tem a percepção de que a empresa é ágil e flexível, já possibilita inúmeras formas de compra e também de entrega. Tudo com muita rapidez e, é claro, segurança.

Se você tem uma empresa de varejo, principalmente de e-commerce, não perca essa tendência de vista. Ela deve fazer parte do seu radar de investimentos em 2020 se você quer expandir as suas vendas.

4. Blockchain e seu aproveitamento no mercado varejista

Se você é um empreendedor que está sempre de olho nas novidades tecnológicas do mercado, certamente já ouviu falar em blockchain. Esta tecnologia, base das criptomoedas, tem um potencial gigantes que também pode contribuir para o mercado de varejo.

De forma resumida, o blockchain consiste em arquivos digitais descentralizados, com a função de transmitir informações financeiras e dados de forma altamente segura. Evitando invasões e fraudes.

No setor do varejo, o blockchain surge como uma tendência para revolucionar os pagamentos com taxas de transação menores, mais flexíveis e muito mais seguras do que os meios convencionais.

Além disso, a tecnologia blockchain também pode ser utilizada para rastrear produtos desde a etapa de produção até a entrega ao clientes. E também o controle de informações relacionadas à requisitos de produção, normas e garantias, reduzindo processos administrativos e burocráticos.

O blockchain é, sem dúvidas, uma das tendências do varejo que tem mais potencial de revolucionar o mercado em 2020. Vale a pena ficar de olho nos avanços e aplicações dessa tecnologia para a sua empresa.

Essas são as quatro tendências do varejo que vão “roubar a cena” em 2020. Como vimos, todas estão ligadas a novos recursos tecnológicos de alto impacto para o varejo. E agora que você já sabe de cada uma delas, veja qual a melhor estratégia para aplicá-las na sua empresa para otimizar seu trabalho e incrementar seu crescimento no próximo ano.

Quer ficar por dentro do que há de mais inovador no mercado do mercado de varejo no Brasil e no mundo? Acesse agora mesmo o nosso site www.conciliadora.com.br e veja como podemos ajudar a sua empresa a revolucionar seus processos financeiros.