//5 dicas de como desenvolver um site para sua empresa

5 dicas de como desenvolver um site para sua empresa

Sua empresa já possui um site? E se já possui você o mantém atualizado? Afinal de contas, há inúmeras razões para ter um site, visto que se trata de uma ferramenta que contribui para que sua empresa seja encontrada pelas pessoas, e essas por sua vez possam interagir e quem sabe se tornem clientes.

Pelo contrário imaginar que ter um site é desperdício de tempo e dinheiro, independentemente do tamanho da empresa, um site é uma maneira de se destacar perante a concorrência. Imagine só se seu concorrente tem um site e sua empresa não. Pois é, é por meio dele que o consumidor do seu produto ou serviço vai te encontrar, saber onde você está, qual o propósito da sua empresa e interagir com sua marca. Isso tudo aliado à uma estratégia de marketing e mídias sociais tende alavancar seus resultados. 

Dessa forma, elaboramos esse texto para lhe auxiliar na construção do seu site com 5 dicas para desenvolver o site ideal e que esse trabalho seja divertido para você e sua equipe. Por isso, continue a leitura e mãos à obra.

1. Defina o porquê de ter um site

Antes de iniciar todo o processo de criação do site para a sua empresa, você precisa decidir a finalidade desse site. O que você deseja alcançar com sua publicação? O objetivo será vender um produto? Anunciar um serviço? Servirá para apresentar sua empresa aos clientes? Geração de leads? Engajamento da marca? Só após decidir o propósito do site que você deverá passar para os próximos passos.

2. O que vai ter no seu site?

Em seguida é importante definir o que terá em seu site, que tipo de conteúdo você vai 

abordar? Vai ser só uma página institucional? Isto é, apresentar a empresa e os produtos, ou vai acrescentar campos para que os clientes possam solicitar orçamentos? Terá carrinho de compras? Ou o cliente apenas preencherá um formulário que automaticamente chegará aos vendedores através de e-mail, para que estes por sua vez os contatem posteriormente? De qualquer forma, é interessante ter estas páginas em seu site: 

  • Home Page (página inicial) 
  • Serviços e Produtos 
  • Planos e Preços 
  • Apresentação da empresa (quem somos) 
  • Contato 

E claro, poderão ter outras páginas, essas acima são apenas uma sugestão de estrutura de páginas essenciais. Mas você pode ainda colocar: 

  • Uma página destina à tutoriais, dúvidas frequentes (FAQs), caso seu produto ou serviço necessite de explicação quanto à utilização; 
  • Clientes que sua empresa já atende, ou seja, ter uma página destinada a mostrar quem são alguns dos atuais consumidores da sua marca. Isso contribui para passar confiabilidade e credibilidade para futuros novos clientes; 
  • Página contendo a política de privacidade, ainda mais que estamos caminhando para implementação da LGPD no Brasil, é algo interessante ter em seu site; 
  • Uma página que leve para um blog, lá utilize para postar textos com assuntos relevantes para o segmento de atuação da sua empresa. 

3. Domínio

O próximo passo é registrar o domínio que sua empresa vai utilizar. Como você já deve saber, o domínio é o endereço da sua empresa na Internet, exemplo disso “www.dominiosuaempresa.com.br”.

O melhor que você pode fazer é adquirir um domínio próprio para sua marca, além de passar mais credibilidade para os seus clientes, lhe oportuniza ter e-mails com o nome da sua empresa, como “contato@nomedasuaempresa.com.br”. Além disso, garante que ninguém registre o domínio com o nome da sua marca antes de você. 

Outro detalhe é que você pode escolher a terminação do domínio, se será “.com”, “.com.br”, “.net”, e assim por diante, têm inúmeras terminações, de acordo com o ramo de atuação do seu negócio ou da sua preferência.

4. Hospedagem

Um dos momentos mais importantes é escolher onde seu site será hospedado. Até porque quando se hospeda um site o objetivo é que ele fique 24 horas no ar funcionando.

Ou seja, a hospedagem nada mais é que um espaço reservado para o site da sua empresa dentro de um servidor. E para isso, você terá a opção de contratar um serviço de hospedagem gratuito ou pago.

Entretanto, ao pagar pela hospedagem, e empresa responsável pela mesma lhe proporciona maior proteção, segurança de dados, estabilidade e garantia de que o site estará sempre online. Uma vez que serviços gratuitos não conseguem garantir todos esses pontos, até por não cobrarem para tal.

5. Quem fará o site?

E agora é só definir quem desenvolverá o site para a sua empresa. Sendo assim, há a opção de contratar um web designer ou um profissional com conhecimentos em HTML.

E poderá ser utilizado o WordPress, por exemplo, onde há diversos templates disponíveis. Lembrando que é essencial tornar o seu site responsivo para todo tipo dispositivo, uma vez que os acessos se darão não apenas via computador ou celular, mas por ambos, além de outros equipamentos. 

Gostou das dicas de como desenvolver um site para sua empresa? Lembre-se de planejar os detalhes e buscar por um profissional que o auxilie. Ao optar por ter um site, sua empresa tende a colher bons frutos, como gerar mais leads e aumentar o engajamento com sua marca. 

Artigo produzido por Maria Alice Ferreira – Criadora de Conteúdo no grupo Brasil Cloud