//Indicadores para Indústrias: conheça os principais

Indicadores para Indústrias: conheça os principais

Quando o objetivo é entender como uma organização está caminhando, é fundamental contar com recursos que facilitem o processo de análise do atual cenário. Nesse sentido, os Indicadores de Desempenho são verdadeiros aliados de empresas que desejam ter um controle eficaz do planejamento estratégico.

Assim, é possível avaliar o sucesso das ações e realizar mudanças caso necessário. O resultado é um melhor embasamento para as tomadas de decisão a partir de dados confiáveis e que façam sentido para o negócio.

Bom, você deve estar se perguntando: quais indicadores industriais eu devo acompanhar? A resposta você confere neste post completo sobre o assunto. Boa leitura!

Os tópicos abordados são:

  • O que são os Indicadores de Desempenho
  • Quais os principais Indicadores Industriais
  • Tempo de interatividade
  • Custo da produção

O que são os Indicadores de Desempenho?

Atingir as metas planejadas é o objetivo de qualquer organização que busca por crescimento e posicionamento estratégico. Para mostrar se esse sucesso está sendo alcançado, boa parte das empresas utilizam os Indicadores de Desempenho.

Na prática, eles são incorporados na cultura de uma corporação com o intuito de medir o que está sendo executado, demonstrando se os objetivos estão de fato sendo alcançados.

No que tange o setor industrial, tais indicadores contribuem para medir a performance e a eficiência das operações fabris, além de mensurar o tempo dos processos realizados.

Além de contribuir para a redução de custos, contar com os indicadores pode facilitar a descoberta de desperdícios e outros problemas que comprometem a produtividade da organização. 

Se no setor industrial aproveitar todos os recursos disponíveis é essencial para não haver desperdícios, são os indicadores que irão validar essa informação, garantindo um melhor gerenciamento das operações. 

Mas afinal, quais os principais Indicadores Industriais?

Embora cada tipo de indústria possua indicadores específicos, muitos deles são essenciais para entender como a organização se comporta de forma geral. Abaixo, selecionamos os principais, confira:

Horas trabalhadas

Ao acompanhar esse indicador, é possível entender se um colaborador está consumindo muitas horas para desempenhar uma função simples, indicando um gasto além do ideal para a execução da tarefa.

Assim, a organização estará mais preparada para estabelecer melhorias em seus processos, otimizando resultados e melhorando a produtividade.

Número de ativos produzidos

Tão importante quanto entender o tempo gasto na execução das atividades é saber o número de produtos produzidos pela equipe. Esse indicador é de extrema importância para descobrir o nível de produtividade de setores ou funcionários específicos, atuando de forma direta na definição de medidas para elevar a qualidade do trabalho desempenhado por cada um.

Produtividade homem/hora

Enquanto a métrica anterior revela a quantidade de ativos produzidos de forma mais generalista, a produtividade homem/hora diz respeito ao número de itens produzidos por determinado funcionário em uma hora.

Além de mensurar a capacidade produtiva de profissionais responsáveis pelo controle de equipamentos, a métrica também pode revelar a produtividade relativa a atividades administrativas. 

Mean Time To Repair (MTTR)

Quando ocorre uma falha na produção, há um tempo médio para a reparação do erro. Este indicador mensura, justamente, o tempo gasto para o conserto determinado problema, relacionado na maioria das vezes à manutenção de equipamentos. 

Tempo de inatividade

Uma das formas de entender se a empresa está perdendo recursos financeiros é observando a métrica de tempo de inatividade de equipamentos, que determina o período no qual um equipamento não está sendo utilizado.

Ele é fundamental para entender se houve investimentos desnecessários ou gastos excessivos em equipamentos que apresentam falhas constantes. Com esses dados em mãos, a organização fará escolhas mais assertivas e a administração dos recursos será mais eficiente.

Giro de estoque

Para avaliar quanto tempo uma mercadoria fica parada, utiliza-se a métrica de giro de estoque, responsável por analisar as entradas e saídas de produtos em estoque.

O acompanhamento desse indicador é indispensável para evitar que os itens fiquem parados em estoque por muito tempo, causando uma queda nas vendas e comprometer a capacidade de armazenamento na indústria. 

Custo total de produção

Já a métrica de custo total de produção apresenta informações como depreciação de equipamentos, custos relacionados a insumos, de horas-máquina, horas-homem, entre outros.

Uma de suas vantagens é que seu acompanhamento pode ser feito por período, linhas de produção ou outros fatores estabelecidos pela organização, ajudando a compreender o lucro final pós-venda. 

Margem de contribuição e percentual de lucro

Se o seu objetivo é descobrir o lucro de um produto após a venda, essa métrica pode ajudar. Isso porque, ela identifica quais são os produtos mais lucrativos, verificando o percentual de lucro de cada um. 

Conheça os Indicadores de Manutenção Industrial

Entender o desempenho dos equipamentos é fundamental para alcançar as metas do negócio e evitar interrupções inesperadas durante a produção. Sendo assim, os indicadores de manutenção industrial são verdadeiros aliados para quem quer evitar cenários como esse. Conheça as métricas para tornar o acompanhamento dos processos de manutenção mais eficiente

Esse post foi escrito pela Siteware