//Acessibilidade na web: conceito, dicas e muito mais!

Acessibilidade na web: conceito, dicas e muito mais!

Saiba o que é acessibilidade na web e conheça algumas dicas de como tornar seu ambiente digital um local acessível

Em tempos em que o Costumer Experience é tão importante e valorizado, planejar seu site e suas páginas nas redes sociais para atender um público diverso é de suma importância.

O ponto aqui não é aumentar seu público alvo, e sim abarcar as pessoas com deficiência. Segundo o Censo 2010, do IBGE, o Brasil possui 45,6 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência, uma faixa da população que constantemente tem seus direitos negligenciados.

E com o objetivo de atender as necessidades dessas milhões de pessoas existe a acessibilidade, nos ambientes digitais acessibilidade na web, termo que trataremos neste artigo.

Acessibilidade na web e a Lei N° 13.146

Resumidamente, acessibilidade na web significa que pessoas com deficiência e pessoas idosas, debilitadas devido ao envelhecimento, “podem perceber, entender, navegar, interagir e contribuir para a web”.

A definição é da Cartilha de Acessibilidade na Web, um documento produzido pela World Wide Web Consortium (W3C) que, como o próprio aponta, surgiu com o objetivo de “orientar gestores, desenvolvedores, auditores, procuradores, promotores e cidadãos sobre a importância de se preocupar com e investir em acessibilidade na web”.

A educação sobre o tema se tornou ainda mais necessária após o dia 6 de julho de 2015, data da implementação da Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (N° 13.146).

A lei é “destinada a assegurar e a promover, em condições de igualdade, o exercício dos direitos e das liberdades fundamentais por pessoa com deficiência, visando à sua inclusão social e cidadania”.

Entre os direitos assegurados em lei estão o acesso à informação, à comunicação, à cultura e ao esporte, e não há lugar com maior conteúdo e espaço para expressão que a internet, não é mesmo?

Vantagens de ter um site acessível à todos

Além de estar cumprindo uma lei, ter um site acessível faz com que mais pessoas o visitem. Logo, a conta é simples: mais visitas = mais chances de negócios. Outra vantagem importante está relacionada ao rankeamento do seu site, já que os algoritmos que o classificam nos buscadores reconhecem práticas de acessibilidade.

Dicas para tornar seu site mais acessível

A necessidade de se adequar a lei e tornar seu site acessível pode parecer complexa, mas com algumas ações você já pode começar, entre as quais estão:

  1. Faça a descrição das imagens, pois assim os leitores de tela poderão identificá-las e descrevê-las para os usuários cegos. Há uma iniciativa deste tipo que vale a pena conhecer, o #PraCegoVer.
  2. Simplifique seu texto para facilitar a leitura por pessoas com dislexia.
  3. Crie áreas de clique maiores nos botões. Isto ajudará usuários que não têm precisão nos cliques e pessoas com problemas de visão.

De acordo com a Cartilha de Acessibilidade na Web, o Desenho universal é o principal fundamento para a acessibilidade. Segundo este conceito, projetos e ambientes desenvolvidos devem ser planejados para todos, sem a necessidade de adaptação para pessoas com deficiência.

O Desenho universal possui sete princípios que podem ajudá-lo na hora de planejar seu site, apresentados na cartilha com adaptações. São eles:

  • Equiparação nas possibilidades de uso: pode ser utilizado por qualquer usuário em condições equivalentes;
  • Flexibilidade de uso: atende a uma ampla gama de indivíduos, preferências e habilidades individuais;
  • Uso simples e intuitivo: fácil de compreender, independentemente da experiência do usuário, de seus conhecimentos, aptidões linguísticas ou nível de concentração;
  • Informação perceptível: fornece de forma eficaz a informação necessária, quaisquer que sejam as condições ambientais existentes ou as capacidades sensoriais do usuário;
  • Tolerância ao erro: minimiza riscos e consequências negativas decorrentes de ações acidentais ou involuntárias;
  • Mínimo esforço físico: pode ser utilizado de forma eficiente e confortável, com um mínimo de fadiga;
  • Dimensão e espaço para uso e interação: espaço adequado para a interação, o manuseio e a utilização, independentemente da estatura, da mobilidade ou da postura do usuário.

Percebeu que pequenas ações podem fazer uma grande diferença para milhões de pessoas? Não perca tempo, implemente ações para tornar seu site mais acessível!

Texto produzido por: Izap tecnologias e serviços.

By |2020-03-17T10:39:43-03:0028 de janeiro de 2020 |Convidados|

2 Comments

  1. SEO Referral Program 28 de janeiro de 2020 at 22:42 - Reply

    Awesome post! Keep up the great work! 🙂

    • Solucoes Industriais 22 de abril de 2020 at 10:51 - Reply

      Hello!
      Thanks for the comment, be sure to see the other posts.

Leave A Comment