//Dicas para escolher um provedor de streaming

Dicas para escolher um provedor de streaming

Com certeza quando uma empresa vai contratar um serviço de streaming seja de áudio ou vídeo, sempre surgem dúvidas. Afinal, há inúmeros pontos que devem ser avaliados antes de escolher uma fornecedora desse tipo de serviço. Além disso, é preciso que ao adotar essa estratégia na sua empresa, os resultados que se deseja alcançar estejam bem claros e definidos.

Você sabe quais as vantagens de incluir o streaming na sua estratégia de engajamento com o seu público? Pensando nisso, preparamos esse texto com o intuito de mostrar as vantagens dessa solução e algumas dicas para quando for escolher a sua plataforma. Continue a leitura!

Em que utilizar o streaming?

Sua empresa pode adotar o streaming de áudio para transmissões internas para os colaboradores. Como por exemplo a rádio indoor, que serve para noticiar os funcionários dentro da empresa, colocar uma música ambiente, dar avisos ou mesmo para comemorações. 

Além disso, a rádio indoor pode ser utilizada para os clientes. Seja na divulgação no interior da loja sobre os produtos com desconto e as ofertas da semana, como também para entreter com músicas os consumidores enquanto fazem suas compras.

Você poderá utilizar o streaming para elaboração de podcast. Além de ser uma solução muito atual, os podcasts contribuem para engajar seu público.

Por ser muito fácil acessá-lo e ouvi-lo, já que não há necessidade do usuário se cadastrar ou fazer login. É uma maneira de sua empresa levar conteúdo relevante para o seu público-alvo. Sem falar que será possível ouvir através de qualquer dispositivo, seja computador ou smartphone.

E você pode aplicar o streaming de vídeo em lives ou reuniões, por exemplo. Dessa forma, sua empresa atingirá tantos os clientes, quanto os seus colaboradores. São soluções que oferecem um leque grande de formas de utilização. Basta sua empresa escolher qual a melhor.

O que observar ao escolher um serviço de streaming?

Sempre quando for escolher uma empresa fornecedora de streaming ou até mesmo uma rádio que transmite pelo streaming para fazer suas divulgações, observe alguns pontos:

Público que deseja atingir

Caso a contratação da solução streaming seja diretamente para a sua empresa, defina o que será feito. Se você fará podcasts, se serão lives, se será a instalação de rádio indoor para o atingir seus colaboradores ou cliente. Após tomar essa decisão, é que você deve procurar uma empresa fornecedora desse tipo de serviço. 

Além disso, se optar por divulgar o seu negócio em uma rádio. Tenha em mente que há necessidade de analisar em que horário será locucionado ou transmitido o seu anúncio. Leve em consideração se a audiência da rádio é compatível com a sua persona e se o seu anúncio será em forma de spot ou jingle.

Relatórios

Opte por empresas de streaming que forneçam relatórios de audiência. Isso vale para rádio também. É imprescindível metrificar os acessos ao seu streaming. Você precisa saber quantas pessoas ouviram o podcast ou quantas assistiram sua live, horário de pico, entre outros. 

E se for na rádio onde fará o seu anúncio. Ela precisa ter acessível essas informações como horário de maior audiência e quantidade de ouvintes impactados. Dessa forma você poderá tomar decisões mais assertivas. Utilize um servidor de arquivos em nuvem para armazenar informações, dados, estatísticas, bem como áudios e músicas, por exemplo.

Delay

Procure por um servidor de streaming que tenha baixo delay. O delay nada mais é que a diferença de tempo entre o envio e o recebimento do sinal de stream. 

Essa diferença representa um atraso ou demora do áudio, vídeo ou informação. Assim, tenha em mente que quanto menor o delay, melhor. Pois, quanto mais baixo o delay, mais rápido o áudio ou imagem iniciará e será transmitido para o ouvinte. E que assim, não há travamentos devido a esse problema.

Certifique-se que a empresa onde você contratará o serviço de streaming utiliza servidores no Brasil. Isso garante uma troca mais rápida de tráfego com o servidor de internet, se estiverem no mesmo país.

Artigo produzido por Maria Alice Ferreira – Criadora de Conteúdo no grupo Brasil Cloud.