//Quais os principais tipos de website?

Quais os principais tipos de website?

Você já parou para pensar sobre o que é website e quais são os principais tipos que existem? 

Bem, de maneira resumida, um website é uma página, ou um agrupamento de páginas que são relacionadas entre si e que são acessíveis na internet, através de um determinado endereço – URL. 

Os websites se tornaram extremamente importantes para as empresas. Afinal de contas, os consumidores estão na internet fazendo pesquisas e procurando por empresas, produtos e serviços que atendam às suas necessidades. 

A quantidade de websites disponíveis não para de crescer e a tendência é que continue a crescer nos próximos anos. 

Porém, você sabia que existem diferentes tipos de website? 

Sim, eles existem e é importante compreender como cada um deles funciona e para quais casos são recomendados. 

Por exemplo, um blog é totalmente diferente de um e-commerce. Cada um possui as suas próprias características e são recomendados para diferentes necessidades. 

Mas, afinal de contas, quais são os tipos de website? 

Para esclarecer a dúvida acima, criamos uma lista com alguns dos principais tipos de website. Continue a leitura e confira! 

Conheça os principais tipos de website

Existem muitos tipos diferentes de website; e embora qualquer tentativa de categorizá-los seja imperfeita, existem alguns tipos gerais baseados em seu propósito e no tipo de organização para a qual foram criados.

Aqui está nossa tentativa de resumir os tipos mais comuns que encontramos.

1. Sites de negócios

Um site de negócios é um site projetado para representar a identidade de uma empresa na Internet.

Existem muitos motivos pelos quais uma empresa pode querer ser visível na Internet. 

Isso inclui a percepção pública de seu tamanho, modernidade, conectividade, atendimento ao cliente e confiabilidade – e normalmente para incentivar consultas de clientes ou parceiros em potencial.

Ainda assim, nem todas as empresas ativas têm presença na Internet. Alguns comerciantes podem conseguir negócios suficientes por meio de recomendações boca a boca e de contratos com contatos estabelecidos para não sentirem necessidade de anunciar seus serviços na Internet com seu próprio site.

Um site de negócios com funcionalidade aprimorada pode incluir uma área de login para clientes onde eles podem baixar documentos e itens que são relevantes para eles. 

Também pode conter uma intranet para funcionários e clientes, ou talvez questionários interativos ou um localizador de produto/serviço projetado para estabelecer qual produto ou serviço é necessário para o visitante.

 

2. E-commerce

Um site de comércio eletrônico (e-commerce) é projetado e configurado para permitir que os clientes comprem todos os produtos ou serviços de uma empresa diretamente online, incluindo o pagamento por meio de um gateway online. 

Isso pode ser feito a qualquer hora do dia ou da noite, sem a necessidade de um telefonema ou outra forma de contato direto com a empresa.

Os sites de comércio eletrônico exibem todos os produtos ou serviços que podem ser adquiridos e, em seguida, permitem que aqueles que os navegam adicionem quantos quiserem a um carrinho de compras virtual.

Uma vez que o comprador tenha adicionado ao carrinho tudo o que deseja comprar, um processo de checkout virtual é fornecido, permitindo que a compra seja processada

3. Blogs

Os blogs têm sido a escolha mais amada e preferida de sites para indivíduos que desejam arquivar os grandes eventos de suas vidas, por exemplo, casamentos, bebês ou seus momentos preciosos. 

Hoje em dia, o blog está em alta e tornou- se incrivelmente conhecido. Os blogs também são ótimos para apresentar seu estilo pessoal, compartilhar suas receitas favoritas ou mostrar seus hobbies ou qualquer coisa nesse caso para o mundo. 

Os blogs são normalmente atualizados habitualmente e as publicações mais experientes podem ser vistas nos arquivos. 

A forma mais comum de construir um blog é utilizando um CMS (Sistema de Gerenciamento de Conteúdo) como WordPress, Joomla, Magento, etc. O mais conhecido deles é o WordPress, que é usado por blogueiros e marcas. 

4. Sites de ONGs / sem fins lucrativos

Assim como marcas e empresas, organizações sem fins lucrativos e ONGs também precisam de um site. Da mesma forma que as organizações precisam dos sites para estarem mais perto online, as organizações sem fins lucrativos também. 

Um site sem fins lucrativos é o caminho mais direto para alguns contribuidores em potencial fazerem doações e saber mais sobre uma organização para decidir se farão ou não a doação. 

Na chance de você estar pensando em começar uma ONG, montar um site para sua associação é um avanço essencial para demonstrar sua autenticidade e contratar mais pessoas. 

Na maioria das vezes, o orçamento para a construção de um site sem fins lucrativos é reduzido (sem orçamento em alguns casos).

Portanto, você pode utilizar algumas ferramentas de código aberto como o Wix ou WordPress. 

Conclusão

Esperamos que, a partir de agora, esteja mais claro para você quais são os principais tipos de websites. 

Com o desenvolvimento tecnológico atual, é viável para praticamente qualquer pessoa construir qualquer tipo de site. 

A chave é avaliar as opções disponíveis e escolher a que melhor atenda a sua necessidade. 

Não apenas as startups, mas também as empresas estabelecidas têm a vantagem de escolher o tipo de site apropriado para o seu negócio. 

Portanto, se você está pensando em criar o seu site, avalie muito bem as opções disponíveis e faça a escolha ideal para o seu negócio! 

By |2021-07-16T16:52:19-03:0014 de julho de 2021 |Convidados|

About the Author:

Formado em Jornalismo pela Universidade Paulista. Decidiu cursar jornalismo porque sempre gostou de ler e impactar as pessoas com suas palavras. É Assessor de Imprensa e criador de conteúdo no Portal Soluções Industriais. Apaixonado pela escrita, compartilhar conhecimento e futebol.

Leave A Comment