//Você conhece o termo Indústria 4.0? Saiba tudo neste artigo!

Você conhece o termo Indústria 4.0? Saiba tudo neste artigo!

Também conhecido como Quarta Revolução Industrial, o termo Indústria 4.0 surgiu em decorrências das evoluções tecnológicas incluindo automações, computação na nuvem, internet das coisas, entre outras inovações que vieram para revolucionar o que o mundo conhecia de soluções industriais até então. Continue lendo esse conteúdo e tire todas as suas dúvidas!

O que é Indústria 4.0?

Indústria 4.0 é um termo relativamente novo criado para definir uma onda de inovações tecnológicas que tem transformado os principais processos da indústria. Sem dúvidas, a automação de tarefas que até então eram exclusivamente manuais, e a gestão de dados, são os pontos mais impactantes dessa revolução; mas tem muita coisa interessante além disso!

Com procedência Alemã, o conceito básico de Indústria 4.0 sugere que ao conectar máquinas, sistemas e ativos, as empresas tornam-se capazes de criar “inteligência” em todo o seu processo produtivo, conseguindo um maior controle, agilidade, eficiência e otimização de sua produção. 

Dessa forma, as chamadas “fábricas inteligentes” tornam-se capacitadas e autônomas o suficiente para prever falhas em seus processos, atuando preventivamente; se adaptar rapidamente a mudanças não planejadas na produção; produzir mais rápido e com maior garantia de qualidade; evidenciar modernidade em seus processos, acompanhando tendências de mercado; e muito mais.

As tecnologias pilares da Indústria 4.0

Confira quais são as principais tecnologias que sustentam o conceito de Quarta Revolução Industrial:

Internet das coisas

Se resume na possibilidade de conectar objetos físicos como eletroeletrônicos, eletrodomésticos, máquinas, veículos e até mesmo ambientes, com dispositivos eletrônicos que permitem o controle remoto desses objetos. Dessa forma, a internet das coisas é a tecnologia que possibilita a automação não apenas de processos industriais; de muitas outras coisas. Conforme pesquisa realizada pela Gartner, foi previsto um aumento de 21% no uso dessa tecnologia em 2020, comparando com 2019.

Big Data e Analytics

São tecnologias que possibilitam a captura, estruturação e tratamento de um grande volume de dados; permitindo abordagens inovadoras para analisar e gerenciar informações de suma importância para o negócio. Não é à toa que o uso do Big Data está em alta no mercado!

Robôs autônomo

Fica difícil falar em revolução industrial e não pensar em robôs operando na linha de produção, não é mesmo? No caso dos robôs autônomos da Indústria 4.0, o grande diferencial se dá pelo fato dos mesmos atuarem sem que seja necessária supervisão humana, graças a inteligência artificial. Essa atuação (inteligente, cooperativa e autônoma) ajuda a reduzir custos e aumentar a produção.

Integração de Sistemas 

A integração de sistemas de TI consistentes e interligados dentro das áreas das empresas e, também, fora delas (com outras empresas, fornecedores e clientes, por exemplo), sem dúvidas torna todo o ciclo dos processos industriais e de negócio, mais eficientes.

Cyber Security

Diante da aplicação de tanta evolução tecnológica, incluindo a geração de dados e informações em massa com extrema rapidez, proteger dados e sistemas das ameaças cibernéticas nunca foi tão necessário e desafiador, dentro das indústrias.

Computação na nuvem

Embora já muito utilizada nas empresas em geral, na Indústria 4.0 a performance dos sistemas em nuvem é otimizada pelo aumento da rapidez e capacidade de processamento, incluindo a maior quantidade de dados passíveis de integração e economia de custos com hardware. Embora o mercado tenha estimado um aumento em infraestrutura com o uso da computação na nuvem, é fato que essa inovação é essencial e seu uso tende a aumentar gradativamente.

Impressões em 3D

Conhecida como manufatura aditiva, essa tecnologia é utilizada para a produção de diversos tipos de protótipos físicos e peças únicas, permitindo a produção em larga escala de itens customizados.

Realidade aumentada

Essa tecnologia possui um grande potencial no que diz respeito a otimizar a geração e a prestação de serviços, uma vez que a interação entre mundo real e realidade virtual abre um leque de aplicações de interação. A possibilidade de simular produtos virtuais, também se enquadra nesse conceito. Além disso, o mercado aponta um grande uso da realidade aumentada na educação.

O que você pensa sobre o conceito de Indústria 4.0?

Agora que você já sabe mais sobre a Indústria 4.0, qual a sua opinião sobre esse novo conceito de produção industrial? Já parou para pensar no quanto esses avanços podem ser fundamentais para o futuro de produtos e serviços? Esperamos que você tenha gostado do conteúdo e, caso haja dúvidas, sugestões ou comentários sobre o tema, não deixe de registrá-los aqui!