//Servidor Dedicado ou Servidor em Nuvem, qual escolher?

Servidor Dedicado ou Servidor em Nuvem, qual escolher?

Uma das decisões importantes que devem ser tomadas para sua empresa é quanto ao armazenamento das informações: se será feito em um servidor dedicado, em nuvem ou mesclar ambos.

E para que essa decisão seja tomada com sabedoria, é essencial conhecer bem cada tipo de servidor. Por isso, abaixo contaremos com mais detalhes sobre cada um. Confira, vale a pena a leitura!

Servidor Dedicado

Esse modelo refere-se a um equipamento físico que vai armazenar as informações de uma rede local da sua empresa. Nesse caso, poderá ser desde um HD até um sistema com bastante hexabytes. O Servidor Dedicado é classificado em três grupos, sendo: DAS, NAS e SAN. Veja abaixo a explicação de cada um e suas diferenças.

Direct Attached Storage (DAS)

Trata-se de unidades de armazenamento que quando conectadas à computadores transformam-se em um disco adicional para a máquina, como se fosse uma extensão. Para exemplificar: de pen drives até outros equipamentos que possuam entrada USB. Dessa forma, Servidores DAS não atendem outros dispositivos que estejam conectados à rede. Ou seja, servem somente para armazenar arquivos da máquina à qual ele esteja conectado.

Network Attached Storage (NAS)

Esse por sua vez é um sistema de armazenamento de arquivos que faz conexão direta à rede local. Assim, por meio dele é possível realizar o gerenciamento de dados salvos pelos usuários com acesso protegido através de login e senha. Entretanto, caso tenha-se muitos acessos simultâneos, isto é, mais de um usuário acesse ao mesmo tempo, isso pode fazer com que o NAS fique lento ou até sofra erros na execução.

Storage Area Network (SAN)

Nesse caso, pode ser composto por uma ou mais unidades de armazenamento, seja um Switch, cabos e o próprio servidor onde esteja conectado. Para esse modelo há necessidade de uma estrutura que concilie ferramentas e recursos, e vai precisar de assistência especializada. Dessa forma, a tendência é que se tenha um custo superior para implantação e manutenção.

Servidor em Nuvem

Essa tecnologia permite utilizar recursos computacionais de maneira remota, desde que haja conexão com a internet. Assim, é possível compartilhar arquivos, softwares, informações por meio de qualquer computador.

Uma das vantagens, se não a mais importante, é que a empresa não vai precisar investir na compra de equipamentos físicos, como hardwares ou servidores. Isto acontece porque, uma vez que a parte de processamento das informações fica na nuvem, basta que o usuário acesse um navegador e possua conexão estável com a internet que ele conseguirá acessar e manusear o que ele precisar.

Além disso, outra vantagem de utilizar o Servidor em Nuvem é quanto ao espaço utilizado, pois quando se utiliza a nuvem, o espaço de armazenamento é elástico. Isto é, poderá aumentar e diminuir conforme a necessidade da empresa, sem precisar comprar novos equipamentos e tudo isso com cliques de mouse.

Ainda há a possibilidade de trabalhar remotamente. Muitas empresas diante no cenário de pandemia, optaram pelo regime de Home Office e com isso surgiu a necessidade de ter os arquivos armazenados de forma online para que todos os colaboradores possam acessar e continuar com suas rotinas de trabalho normalmente. O Servidor em Nuvem é uma boa solução nesse caso, pois permite que qualquer usuário tenha acesso de qualquer máquina com conexão à internet.

Qual a melhor opção?

O Servidor Dedicado pode ser utilizado como uma maneira de acessar e armazenar informações importantes, mas exige a implementação de infraestrutura e softwares.

O que demanda da empresa investimentos elevados com equipamentos, manutenção e mão-de-obra especializada. Já quando se utiliza o Servidor em Nuvem, a responsabilidade de manutenção, segurança, atualizações e gastos com energia elétrica com data center, por exemplo, serão da empresa que prestará o serviço, isso traz um menor custo para o empresário.

Há também a opção de se utilizar ambas tecnologia, Servidor Dedicado e em Nuvem, por exemplo, caso tenha um banco de dados que exija alta concentração de recursos em um só lugar, poderá optar pelo servidor físico, e deixar que os demais serviços que precisem compartilhar e armazenar informações entre si e também com o referido banco de dados e fiquem hospedados em servidores na nuvem, pois assim sua empresa se beneficia da disponibilidade e acesso rápido.  

Gostou de saber mais sobre Servidor Dedicado e Servidor em Nuvem? Por meio dessas tecnologias, os gestores têm obtido maior produtividade, economia e garantia de segurança da informação para suas empresas.

Artigo produzido por Maria Alice Ferreira – Criadora de Conteúdo no grupo Brasil Cloud.