//Benchmarking: Saiba como essa estratégia contribui para o sucesso da sua empresa

Benchmarking: Saiba como essa estratégia contribui para o sucesso da sua empresa

Atualmente é quase impossível não considerar a importância de estudar outras empresas no mercado a fim de aprimorar os processos e conquistar mais vendas, não é mesmo?

Toda análise baseada em negócios consolidados, por exemplo, pode auxiliar outros empreendedores a se destacarem no mercado, principalmente aqueles que estão começando, ou até mesmo possuem dificuldade para melhorar os resultados.

Mas como fazer uma análise estratégica e identificar as melhores práticas de empresas consolidadas e que se destacam no seu segmento? Pois bem! Com o benchmarking isso é possível.  

Se você não sabe o que é, como funciona, e qual a importância dessa tática para destacar o seu empreendimento, continue a leitura e fique por dentro do assunto!

Neste conteúdo, abordaremos os seguintes tópicos:

Afinal, o que é benchmarking?

Há quem se pergunte o que é benchmarking. Embora seja uma prática bastante utilizada por empresas de diferentes segmentos e até mesmo no setor industrial, é provável se deparar com gestores que não investem nessa estratégia.

Em suma, benchmarking vem de ‘benchmark’ e significa ‘referência’. Logo, é caracterizado por uma análise estratégica cujo objetivo é identificar quais são as melhores práticas utilizadas por empresas do mesmo setor. 

A análise não precisa necessariamente ser de um negócio que atua no mesmo segmento, ou seja, pode ser uma marca que é reconhecida pela forma que se posiciona no atendimento ao cliente. 

Por exemplo: um empreendimento do segmento industrial que atua com serviços de conserto de bomba, pode analisar outra empresa que presta serviços de instalação de aterramento.

Como resultado, a empresa obtém referência para aplicar boas práticas de um determinado processo na organização e, consequentemente, conquistar mais vendas, faturamento e a lucratividade devido à produtividade da equipe.

Entenda como funciona a estratégia de benchmarking

Comparar não é sinônimo de copiar. Por isso, é importante entender que essa prática é fundamental para analisar e comparar os processos da empresa com a finalidade de melhorias.

A referência, por sua vez, funciona da seguinte forma:

Uma empresa que almeja obter melhorias e se destacar no seu mercado, monitora uma outra empresa – do mesmo segmento ou não – para identificar e coletar informações importantes que possam promover os resultados esperados para o seu negócio.

Para entender melhor, suponhamos que você seja gestor se uma prestadora de serviços de piso industrial. Logo, ao levantar informações e dados internos que mostram quais são os fatores que impactam significativamente na performance da empresa, será possível entender o que precisa ser melhorado e aplicar soluções efetivas. 

Além disso, é válido destacar que deverá definir os principais indicadores de desempenho (KPI’s) que serão as referências para dar o pontapé inicial em busca de melhorias. No caso da análise da atuação digital, isso poderá ser realizado pela equipe de marketing para auxiliar a marca a se destacar!

Tipos de benchmarking

Monitorar outra marca pode ser por diferentes motivos. Por essa razão, é comum que a equipe de marketing, por exemplo, faça o levantamento dos fatores que interferem no desempenho da empresa para analisar uma concorrente que não apresenta tal dificuldade no mercado.

Nesse sentido, é essencial conhecer os tipos de benchmarking que podem ser realizados pela indústria ou outro segmento de atuação. São eles:

Interno

Como citado anteriormente neste post, há diferentes motivos para comparar processos da empresa. 

Isso inclui a referência interna, ou seja, fazer a análise entre os setores do próprio empreendimento. Por exemplo, em uma empresa de pote biodegradável, pode ser feita a comparação de uma área de atendimento ao cliente por telefone e atendimento via chat.

Competitivo

Diferente da análise interna, o objetivo do benchmarking competitivo – considerado a análise tradicional- é identificar como a empresa atua em relação a outra empresa que também atua no mesmo segmento e busca os mesmos objetivos que você. Captar clientes e torná-los fiéis a fim de gerar faturamento e ser referência no mercado, é um exemplo claro disso.

Funcional

Nesse caso, a análise estratégica é feita com foco em qualquer negócio, feito em duas ou mais organizações. Ou seja, uma empresa B2B (business to business) analisa uma companhia do segmento B2C (business to consumer) e outra do seu segmento, por exemplo. 

Um dos principais fatores para fazer a comparação funcional é para realizar a análise financeira, a fim de entender como uma marca realiza a gestão, bem como possui maior lucro e possibilidade de investimentos.

Genérico

Aplicado para comparar processos semelhantes, o benchmarking genérico também pode ser aplicado em empresas que não são concorrentes, ou seja, não fabricam e fornecem o mesmo serviço e/ou produto. 

Cooperativo

Oposto do benchmarking competitivo, o cooperativo funciona em parceria. Isso mesmo! Duas empresas que buscam objetivos semelhantes para aprimorar processos tendem a ser parceiras para trocar experiências, e juntas, podem conquistar os objetivos por meio do levantamento de dados e estratégias.

Continue lendo e entenda como funciona a estratégia de referência na indústria!

Benchmarking na indústria

Independente do segmento de atuação, seja em redes de restaurantes, comércios, indústrias, entre outros, comparar é essencial. 

Afinal, seria quase impossível compreender o que pode melhorar na companhia, sem ao menos identificar como outra empresa atua e que contribui para resultados de sucesso, certo?

É possível considerar, portanto, que o benchmarking é essencial, inclusive na indústria. Isso porque a comparação se torna algo natural, tendo em vista que não significa necessariamente copiar o que outra empresa faz, ou até mesmo se tornar refém das práticas aplicadas.

O benchmarking na indústria se torna uma chave para o sucesso, pois permite identificar diferentes fatores que podem ser aprimorados. Dentre os principais fatores, podemos citar os seguintes: 

  • Gestão da inovação;
  • Desenvolvimento de novos produtos e produção enxuta;
  • Logística;
  • Responsabilidade socioambiental;
  • Organização da indústria.

Dito isso, já parou para pensar como a sua empresa está posicionada em relação à concorrência? 

Então não deixe de aplicar a estratégia de benchmark, afinal, promoverá muitas vantagens, independente do seu segmento de atuação, seja uma indústria ou um pequeno negócio. A seguir, veja alguns benefícios dessa estratégia!

Vantagens de aplicar a estratégia

Ainda resta dúvida sobre como o benchmarking contribui para o sucesso da sua empresa? Saiba que devido às oportunidades de identificar fatores que podem ser aprimorados, por exemplo, o seu negócio pode obter resultados surpreendentes. 

Em outras palavras, aumenta a probabilidade da companhia evoluir com base na análise estratégica, seja interna ou externa. As principais vantagens do benchmarking são:

  • Identificar oportunidades de melhorias;
  • Identificar as principais tendências e sair à frente da concorrência;
  • Comparar a atuação da empresa em relação arcas consolidadas e concorrentes;
  • Influência na tomada de decisão, bem como na elaboração de um plano de ação;
  • Monitorar práticas de sucesso de empresas que se destacam o mercado;
  • Ter referências de marcas que atuam no mesmo segmento;
  • Possibilidade de se destacar e garantir resultados que permitam novos investimentos no futuro.

De fato, são muitas as vantagens que o benchmarking oferece para grandes organizações e indústrias. Aliás, você sabia que pode unir essa prática ao marketing digital e impulsionar suas vendas? Isso é excelente, não é mesmo?

Como resultado, você pode conquistar melhorias nos processos, tais como na geração de leads (potenciais clientes) engajamento nas redes sociais, entre muitos outros.  

Portanto, benchmarking é uma estratégia fundamental e indispensável na atualidade. Afinal, é uma ferramenta com a capacidade de promover insights, ou seja, intuições que contribuem significativamente para identificar o que deve ser aprimorado, bem como o que pode funcionar na sua empresa! 

Como fazer um benchmarking?


Veja também:


 

Muito provavelmente você deve estar se perguntando: como fazer benchmarking na minha empresa?

Afinal, é quase impossível conhecer as vantagens dessa tática e não se interessar em aplicá-la. Pensando nisso, listamos 4 dicas essenciais para te ajudar. Confira!

1. Defina quais serão as empresas a serem analisadas

Pode parecer óbvio, mas não basta apenas escolher a empresa que irá comparar. É preciso definir com cautela a fim de fazer a comparação assertiva e que possa promover excelentes resultados. Apostar na análise de companhias de outros segmentos é uma ótima opção. 

Para isso, é possível consultar fontes públicas de pesquisa, visto que na atualidade muitas marcas utilizam a internet para se comunicar com o público-alvo. Então, fique atento aos cases de sucesso divulgados em sites, por exemplo, além dos conteúdos das redes sociais.

2. Levante informações relevantes 

É comum que, antes de qualquer comparação, seja necessário levantamento de dados relevantes. Isso inclui diversos fatores, tais como a qualidade do conteúdo, como atuam nas redes sociais, quais são os canais de venda utilizados, os meios de comunicação e assim sucessivamente. 

Para a análise interna, como já citado neste post, é possível definir alguns setores para comparar a produtividade da equipe, por exemplo.

3. Compare as informações coletadas

Outro passo importante para aplicar o benchmark, é analisar e comparar as informações coletadas.

Faça a comparação de todos os dados levantados a fim de compreender o que, de fato, deve ser aprimorado e como fazer isso corretamente. Lembre-se sempre: comparar não é um passo para copiar! 

4. Elabore um relatório

Tão importante quanto levantar dados e comparar as informações, é criar um relatório para analisar suas conclusões, tais como os pontos de melhorias, oportunidades, ameaças e possíveis passos para evitar esses fatores.

Coloque essas dicas em prática e aplique essa estratégia na sua empresa. Como consequência, melhores resultados serão alcançados devido aos processos aprimorados!

Conclusão

Benchmarking é uma prática que serve para uma empresa analisar estrategicamente outra empresa como sua referência, cujo objetivo é melhorar determinado processo, seja na gestão financeira, atendimento ao cliente, entre muitos outros processos.

Por sua vez, se torna uma ferramenta de gestão importante para aprimorar diferentes fatores em uma organização, inclusive na indústria. Ou seja, é possível aplicar o benchmarking industrial e até mesmo aliar ao marketing digital para identificar o que pode ser melhorado na atuação da empresa na produção enxuta e na internet, por exemplo.

Com a aplicação dessa estratégia, ao medir as principais práticas de negócios e, consequentemente, compará-las com uma marca concorrente ou de outro segmento, é possível garantir melhores resultados, tais como o aumento de produtividade e a lucratividade.

Contudo, isso não significa que o processo realizado pela empresa concorrente seja o melhor para o seu negócio. Logo, é preciso levantar dados relevantes e analisar estratégias que podem ser eficazes na sua companhia.

Portanto, não seja um refém de concorrentes ou de marcas de outro setor que já são consolidadas no mercado. Use a estratégia do benchmarking como uma ferramenta de gestão e aplique corretamente para conquistar os resultados almejados.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nas redes sociais e deixe o seu comentário!

By |2021-11-23T17:54:18-03:0010 de novembro de 2021 |Dicas|

Sobre o autor:

Formada em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Gosta de aprender coisas novas e dialogar para trocar conhecimentos. Escolheu cursar Jornalismo porque é interessada em ajudar as pessoas através da comunicação. Enxerga o marketing como uma forma de comunicar e alcançar pessoas, entregando sempre uma experiência única e especial ao leitor. É Assessora de Imprensa e criadora de conteúdo na Plataforma Soluções Industriais.

Leave A Comment

Segurança Digital Prospecção Industrial: como fazer? Meios de comunicação com seu cliente Medidor de pressão Industrial Fortaleça seu negócio