/, Gestão/Black Friday: o que todo empreendedor precisa saber para bombar suas vendas

Black Friday: o que todo empreendedor precisa saber para bombar suas vendas

Quando o assunto é Black Friday, sem dúvida, desperta o interesse tanto dos empreendedores quanto dos consumidores. Mas é muito importante frisar que as empresas devem se preocupar com muitos fatores, além das vendas, é claro!

A Black Friday 2021, também conhecida como sexta- feira negra, acontecerá no dia 26 de Novembro, logo, os gestores podem começar suas preparações para que os clientes tenham acesso a produtos e serviços com desconto e de modo satisfatório. Afinal, o objetivo desse evento comercial é oferecer descontos em produtos de diversas categorias.

Apesar da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) ainda estar presente, o evento deste ano promete alta nas vendas. De acordo com estudo da Méliuz, mais de 70% dos brasileiros pretendem fazer compras na Black Friday.

No ramo da indústria, por exemplo, novembro é o mês de muitas oportunidades de negócios. Com o evento de descontos, a indústria e o varejo podem bombar em vendas, contudo, é indispensável ter cautela com as campanhas, tendo em vista que o planejamento e organização são a base para evitar que os clientes duvidam dos valores ofertados. 

Se estiver se perguntando “como captar clientes e vender mais” nesse evento comercial e alavancar o seu empreendimento, então chegou ao lugar certo! Continue a leitura e confira os seguintes tópicos:

A Black Friday e a oportunidade para a indústria

A Black Friday, que ocorre na última sexta-feira de novembro, é a oportunidade para as indústrias aumentarem suas vendas. Aliás, todo comércio, ou seja, empresas de qualquer segmento, podem aproveitar as oportunidades para gerar mais vendas, bem como visibilidade da marca.

Uma vez que oferecem produtos de qualidade e garantem a satisfação do consumidor, o empreendimento pode conquistar o cliente e fidelizá-lo. 

Mas como garantir a chance de vender mais em meio a tantos concorrentes no mercado, inclusive, os que apostam em vendas no marketplace para alcançar o maior número do público? 

Pois bem! Esse questionamento é crucial para que os gestores tomem decisões assertivas no seu planejamento de vendas para a Black Friday. Abaixo, listamos algumas dicas essenciais para ajudar gestores de indústrias, entre outros segmentos, a bombar nas vendas na sexta-feira negra!

Como bombar suas vendas na Black Friday 2021?

É necessário estar preparado para garantir que todos os potenciais clientes consigam realizar suas compras, sem obter insatisfação com a falta de produto em estoque, por exemplo, ou até mesmo por uma falsa campanha de desconto. Confira logo abaixo 5 dicas essenciais que podem te ajudar a alavancar as vendas neste evento de Novembro!

1. Apostar em marketplace

O segmento industrial também pode e deve criar expectativas para o aumento nas vendas na última sexta-feira de novembro. 

Uma das alternativas, que é uma excelente opção, é as vendas por meio de marketplaces. No segmento B2B (Business to Business), existem muitas plataformas e que podem ser vendidos diferentes produtos como, por exemplo, batedeira industrial.

E com a alta demanda nos últimos meses do ano, o público-alvo tende a acessar as plataformas com o objetivo de fazer a aquisição com desconto maior. Além disso, destaca-se a facilidade em fazer a compra por meio da internet! 

Ampliar os canais de vendas é um excelente investimento e, consequentemente, proporciona maior retorno para a marca.

2. Planejamento é a chave

Planejar e organizar é fundamental, principalmente na indústria, tendo em vista que precisa estar preparada para receber a alta demanda na Black Friday. Logo, é imprescindível se preocupar com os seguintes fatores:

  • Produção;
  • Canal de distribuição;
  • Logística.

Se esses processos não forem planejados e organizados, podem afetar significativamente o resultado em vendas, por isso, a gestão de estoque deve ser eficiente para atender o público-alvo.

Afinal, a compra dos insumos para a produção dos produtos, por exemplo, deve ser planejada para evitar o excesso de demanda, no qual há maior procura pelo produto que não está disponível em estoque. 

Do contrário, pode haver excesso de oferta, ou seja, ocorre o excesso de itens parados e, consequentemente, pode haver prejuízos para a empresa após a Black Friday.

Quando ocorre excesso de oferta, a empresa acumula itens no estoque de modo não planejados e, consequentemente, vai diminuir o preço. No caso de excesso de demanda, os consumidores estarão dispostos a pagar mais pelos produtos escassos ou comprar na marca concorrente. 

Como resultado de um bom planejamento e organização para a sexta-feira negra, mais clientes ficarão satisfeitos ao buscar por produtos nas redes de marketplace, por exemplo. É possível considerar esse processo como a chave de nível para garantir sucesso em vendas.

3. Diferencial é fundamental

Outro fator crucial para bombar suas vendas, é o diferencial! Não basta inserir a sua marca em marketplace e se planejar para atender alta demanda em Novembro. Embora seja de suma importância para a indústria e varejo, por exemplo, não é o suficiente para ter sucesso no mercado.

Dito isso, é primordial ter o diferencial da marca para se destacar em meio a tantos empreendimentos do mesmo nicho, que oferecem os mesmo produtos e serviço, cujo objetivo é atrair os potenciais clientes e torná-los defensores do negócio.

Mas é válido destacar que isso não significa necessariamente diminuir o preço dos produtos. Acredite: produtos de qualidade e preço acessível não são eficientes para captar o consumidor. 

Isso significa que as indústrias e o varejo, dentre outros segmentos, devem apostar no diferencial do seu negócio, bem como usar as redes sociais a seu favor e investir em estratégias de marketing digital.

Com isso é possível despertar o interesse do potencial cliente a fim de incentivar, de modo natural, na decisão de compra. Aliás, melhor que atrair o interesse do consumidor é gerar relacionamento e fidelizá-los.


Veja também:


 

4. Criatividade nas redes sociais

É quase impossível falar em vendas sem citar as redes sociais como um dos meios primordiais para divulgar os produtos, não é mesmo? Seja no Facebook, Instagram, ou outros meios como sites, por exemplo, a criatividade é fundamental para vencer os concorrentes na Black Friday.

Como já citado anteriormente, uma empresa que vende etiquetas personalizadas, por exemplo, e aplica um desconto competitivo, pode captar o consumidor com o seu diferencial. 

Aliás, como se diferenciar no mercado? Isso é possível, mesmo vendendo o mesmo produto e serviço? A resposta é sim! 

Para descobrir como gerar a vantagem competitiva e ter um diferencial que conquiste mais clientes, é necessário acompanhar a concorrência a fim de antecipar suas ações no mercado e proporcionar a satisfação do comprador.

5. Treinamento da equipe

Tão importante quanto atrair e reter clientes no seu negócio, seja em indústrias, comércios, restaurantes, entre outros, é ter uma equipe de alta performance que pode oferecer o melhor atendimento ao cliente e garantir que todas as dúvidas e necessidades sejam atendidas. 

Não só isso! A experiência do público deve ser completa, desde o atendimento na pré e pós-venda. Basicamente, o treinamento da equipe envolve todo o processo, como a produção, atendimento e entrega.

Ao realizar a compra, mesmo com um desconto especial na Black Friday, a experiência do consumidor deverá ser única, que o faça se sentir importante para sua marca, aumentando as chances de gerar visibilidade para a empresa e vendas recorrentes.

Vantagens da Black Friday para a indústria que devem ser consideradas

Embora a Black Friday seja relacionada, na maioria das vezes, em algo positivo para aumentar as vendas, poucos consideram outros motivos vantajosos para a indústria. Logo, devem ser considerados, pois é o que proporciona crescimento constante para o setor. Dentre as vantagens, podemos citar as seguintes:

  • Estoque: como já citado anteriormente, um mau planejamento na Black Friday pode ocasionar o excesso de produtos parados no estoque. No entanto, uma das vantagens para o segmento é ter a oportunidade para promover descontos maiores para mercadorias que já estão há muito tempo parado na estocagem;
  • Aumento nas vendas: a alta demanda promove oportunidade de negócios para o setor industrial vender mais e aproveitar para diminuir a quantidade de itens parados no estoque. Apesar dos descontos, ainda é considerado uma excelente vantagem para o setor; 
  • Conquistar clientes: com o desconto e alta demanda por produtos ofertados, o segmento industrial obtém mais clientes e, consequentemente, maior visibilidade da marca;
  • Visibilidade: o público-alvo irá aproveitar os descontos da Black Friday, logo, a marca pode ter visibilidade devido à alta demanda por seus produtos. Uma vez que a empresa promover uma experiência positiva, tende a ser vista aos bons olhos pelo público e garantir o reconhecimento, desde a qualidade dos serviços como, por exemplo, o atendimento, até os produtos.

Conclusão

A Black Friday é um dos eventos mais esperados na época de fim de ano devido aos descontos que são oferecidos aos consumidores, que obtém, desse modo, um excelente benefício. No entanto, o setor industrial também ganha com isso, mas é imprescindível se preparar para atender a alta demanda.

Empresas que não planejam e organizam o seu negócio para as vendas na Black Friday, tendem a perder as oportunidades de negócios, perdendo clientes e menos visibilidade no mercado.

Planejar, portanto, é uma dos primeiros passos para bombar as vendas, independente do segmento de atuação, seja nas indústrias, comércios, entre outros serviços.

Mas é válido considerar que a última sexta-feira do mês de novembro é diferente de outros eventos sazonais. Logo, é importante que o setor da indústria considere a necessidade de oferecer descontos para seus clientes lojistas, inclusive para os clientes finais em caso de venda direta.

Por isso, aproveitar as plataformas de marketplace, por exemplo, é uma excelente opção para ampliar os canais de vendas. Além disso, os sites e redes sociais devem ser explorados para gerar relacionamento com o público-alvo, gerar visibilidade da marca, diminuir os produtos parados em estoque, entre outras vantagens.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nas redes sociais e não se esqueça de deixar o seu comentário! 

By |2021-11-04T09:50:42-03:003 de novembro de 2021 |Dicas, Gestão|

Sobre o autor:

Formada em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Gosta de aprender coisas novas e dialogar para trocar conhecimentos. Escolheu cursar Jornalismo porque é interessada em ajudar as pessoas através da comunicação. Enxerga o marketing como uma forma de comunicar e alcançar pessoas, entregando sempre uma experiência única e especial ao leitor. É Assessora de Imprensa e criadora de conteúdo na Plataforma Soluções Industriais.

Leave A Comment

Segurança Digital Prospecção Industrial: como fazer? Meios de comunicação com seu cliente Medidor de pressão Industrial Fortaleça seu negócio