//Os 5 passos para uma campanha de sucesso em datas sazonais

Os 5 passos para uma campanha de sucesso em datas sazonais

As datas sazonais são grandes oportunidades para as empresas aumentarem suas receitas rapidamente e consolidarem os seus negócios.

Também conhecidas como datas comemorativas, as sazonalidades são períodos específicos do ano que as empresas utilizam para mensurar as oportunidades de alavancar as vendas.

Nesses dias, o comércio fica muito aquecido e esta pode ser a oportunidade de ouro para o negócio. De acordo com levantamento do Boa Vista SCPC, empresa que colhe informações de crédito do consumidor brasileiro, as vendas no período da páscoa subiram 3,2% em 2018, sendo o melhor resultado do comércio desde 2013.

Por conta da possibilidade de aumento das vendas é necessário ter um bom planejamento estratégico para melhorar os processos, organizando a produção para ter sucesso nesses períodos.

E neste conteúdo você vai conhecer as melhores oportunidades para consolidar as suas vendas em diferentes períodos sazonais.

O passo a passo de sucesso!

Vamos pensar em uma empresa de chocolates como Cacau Show, por exemplo. Ela sempre investe em várias campanhas sazonais, como é o caso da páscoa.

Para que ela faça uma ação de vendas nesse período, é necessário um planejamento da campanha para o desenvolvimento de produtos, o que inclui a aquisição de novas máquinas para a fabricação de chocolates, compra de embalagens e etc.

Além do maquinário, a empresa necessita contratar funcionários temporários para agilizar o trabalho e ter uma logística eficiente.

E, por fim, deve fazer a divulgação dos produtos em diferentes canais de vendas para aumentar a visibilidade da marca.

Dessa forma, a empresa aproveitou uma série de oportunidades de negócio para aumentar seus resultados na páscoa.

Conheça agora cada uma dessas oportunidades e saiba como aplicá-las também em seu negócio.

1 – Faça um Planejamento estratégico

Para todo negócio, as sazonalidades são períodos muito importantes que requerem forte planejamento. O empresário que tem a intenção de investir nestes períodos deve saber que o trabalho será duro.

Por isso, a melhor forma de se planejar para essas datas é fazendo a criação de um calendário mapeando todas as datas comemorativas e as ações que a empresa pode desenvolver.

Para tanto, é necessário logo de início avaliar o ROI, ou “Investimento Sobre Retorno”, a fim de identificar o quanto a empresa ganha ou perde com cada investimento feito em tais campanhas.

Nesta etapa do projeto, é indicado definir o público-alvo que será atingido pela campanha, junto com o seu potencial de lucro.

Depois disso, é importante analisar quais datas são as mais adequadas para a empresa desenvolver uma campanha, de acordo com este público-alvo e o produto com que a empresa trabalha. Após isso, o ideal é estabelecer metas e estratégias de vendas para cada período.

Outro ponto crucial é a realização de análise de mercado e da concorrência, o que facilita a identificação do que é relevante para o cliente, evitando assim que o empresário invista em algo que não traga retorno financeiro.

Todo esse trabalho deve ser realizado com antecedência para que haja tempo hábil para cada ação. A sugestão dos especialistas é que este planejamento ocorra a seis meses ou até mesmo um ano antes da ação.

Essas informações são fundamentais para a definição da estratégia de vendas, pois a avaliação desses dados vai garantir a expectativa de lucro dessas ações.

2 – Prepare seu estoque

Esta é uma preocupação que o empresário precisa levar em conta, uma vez que o estabelecimento deve dispor de uma quantidade certa de produtos, equipamentos e insumos para fabricação de sua mercadoria para determinada campanha.

O cálculo precisa ser feito de maneira estratégica para que não faltem insumos ou, por outro lado, não seja necessário comprar matéria-prima a mais, caso falte.

Seguindo o mesmo exemplo da loja de chocolate, ao aderir a campanha, alguns pontos deverão ser alinhados ou até mesmo algum investimento deverá ser feito, como por exemplo a contratação de mão de obra, aquisição de maquinário específico e até mesmo a busca de matéria-prima.

Além disso, é indicado que seja realizado o cálculo de giro (média do estoque dividido pelo volume de vendas) desses produtos em outros períodos do ano, para entender a vendagem em tempos de baixa procura.

3 – Aposte em Marketing Sazonal

O marketing sazonal é um conjunto de estratégias voltadas para divulgação de um negócio ou produtos em datas e eventos comemorativos.

Assim, como a cálculo de quanto será investido na campanha ou quanto de material será necessário para ela, é importante que as ações de marketing estejam alinhadas com o propósito da ação, a fim de que sejam bem planejadas e executadas.

Seguindo este raciocínio, é indicado que seja produzido um plano de comunicação visando identificar quais estratégias de marketing serão adotadas, tanto online como offline.

A grosso modo, é neste momento que será definido como ficará a campanha e com quais recursos de publicidade serão trabalhados.

É importante destacar que este planejamento poderá variar de empresas para empresas, uma vez que algumas preferem atuar diretamente nas mídias sociais e outras optam por divulgar seus produtos em marketplaces, por exemplo.

Estes canais de vendas são essenciais para as empresas que desejam ter uma presença forte na internet e vender seus produtos por lá, o que poderá ser visto a seguir.

O Endomarketing também é bastante interessante em datas sazonais. Nesse caso, ele é voltado para colaboradores da empresa, com o objetivo de engajá-los em ações comemorativas que enriqueçam a data.

Uma alternativa de baixo custo pode ser o uso dos canais de comunicação internos para divulgar artes ou vídeos sobre a data. Para isso, as TVs Corporativas são ótimas opções. Entenda mais sobre como as TVs podem fazer a diferença na sua comunicação corporativa.

4 – Invista em Canais de vendas

Existem vários canais para as empresas venderem seus produtos, quanto maior for o número de locais de venda, maiores serão as chances de ser visto e, consequentemente, de gerar vendas.

Os principais locais para venda de produtos são:

E-Commerce: é um modelo de negócio no qual uma empresa cria a sua própria loja virtual na internet.

Essa plataforma de venda está ganhando cada vez mais importância no mercado. De acordo com a pesquisa Elo em parceria com a Ebit, os e-commerces renderam R$ 47,7 bilhões no ano de 2017.

Com o e-commerce, é possível atrair um público grande devido ao número de pessoas que fazem compras on-line todos os dias. Pois, segundo a NZN Intelligence, 82% dos consumidores já fizeram compras pela internet.

Marketplace: Os marketplaces são lojas virtuais que funcionam como shoppings virtuais. Neles, várias empresas comercializam seus produtos no mesmo local.

Uma das principais vantagens dos marketplaces é o seu custo, que é menor, quando comparado aos E-commerces. O motivo é que no marketplace, não é necessário investir em divulgação e na identidade visual da loja, pois isso já está presente na plataforma.

Além disso, essas plataformas já contam com um ótimo posicionamento no Google, tornando o negócio mais visível para o consumidor. Por conta disso é considerado um bom investimento para pequenas empresas.

Loja Física: Por mais que as plataformas de venda online sejam representativas, é indicado não deixar de lado as lojas físicas, pois elas ainda podem ser atraentes para os consumidores em datas sazonais.

Na loja de chocolates por exemplo, é possível adotar uma decoração especial, com ovos de páscoa, coelhos e cores específicas para essa data.

Ademais, colocar os principais produtos na vitrine de sua loja é essencial para chamar a atenção do cliente e incentivar a compra por impulso.

5 – Faça a Gestão de logística

Não adianta ter produtos, estratégias de marketing e canais de vendas se o produto sofre com atrasos na entrega.

Por isso, todo o processo de logística deve acontecer com muita antecedência para que não haja problemas no transporte dos produtos. O atraso de entrega é umas das principais razões de desistência de compra dos produtos.

Com o intuito de evitar atrasos, algumas ações devem ser tomadas, como o controle de todo estoque e o monitoramento diário de toda produção no local.

Além disso, medidas de precaução devem ser tomadas.Possuir máquinas e equipamentos prontos para produzir em maior escala, por exemplo, é importante pois facilita a produção da quantidade necessária esteja pronta para entrega.

Por este motivo, é indicado que se avaliem as alternativas para a logística, escolhendo aquela que atenda às grandes demandas festivas com maior eficácia.

Prepare sua loja para as sazonalidades

Essas dicas podem gerar um impacto positivo nas vendas e também garantir a presença digital da empresa.

No entanto, para que isso aconteça é necessário que o empresário siga estes passos e ao longo das datas teste novos modelos e outras estratégias de marketing, de acordo com as tendências do mercado, que mudam constantemente.

E aí, está preparado para aumentar suas vendas em datas comemorativas? Então use essas estratégias para que a sua loja tenha grandes lucros nesses períodos!

By |2019-05-16T12:15:42+00:003 de abril de 2019 |Gestão|

One Comment

  1. Clientes pela Internet 3 de junho de 2019 at 19:09 - Reply

    Muito bom! Marketing digital antes de qualquer coisa é marketing… Bom conhecer estratégias vencedoras para conseguir resultados fantásticos. Parabéns!

Leave A Comment