/, Gestão, Sem categoria/Como otimizar o clima organizacional?

Como otimizar o clima organizacional?

Um bom clima organizacional é fundamental para que os serviços sejam feitos com qualidade. Isso porque, quando o ambiente é de colaboração, onde há comunicação fluida, o entrosamento gera grandes resultados para as empresas. 

No entanto, existem companhias, grandes e pequenas, que acabam tendo que lidar com problemas relacionados a desentendimentos e falta de harmonia. Dependendo da gravidade dos conflitos, o clima organizacional pode ser prejudicado, afetando também os resultados internos. 

Quer saber como melhorar o clima organizacional nas empresas e resolver processos relacionados à comunicação e relação entre os funcionários? Continue lendo o artigo e confira nossas dicas. 

4 passos para otimizar o clima organizacional

Antes de falar sobre os passos principais para otimizar o clima organizacional, é importante reforçar que o ambiente da empresa pode ser afetado por diversos motivos, como conflitos, chefes e colegas abusivos, boatos internos, entre outras situações. 

Independentemente do ocorrido, as empresas devem tomar as precauções que diminuam os impactos negativos no clima interno e melhorem o relacionamento entre os colaboradores, proporcionando um convívio com maior transparência. 

Contudo, existem consultorias especializadas que ajudam a identificar os problemas com maior clareza e buscar alternativas para resolvê-los. As medidas que podem ser aplicadas também podem variar de acordo com a situação, mas explicamos abaixo cada uma das etapas. Veja!

1. Localize o obstáculo interno

O primeiro passo é identificar onde o problema está localizado. Parece uma etapa básica, mas ela pode levar certo tempo, principalmente por conta da origem do problema. A melhor alternativa é analisar determinado setor ou a empresa como um todo e verificar onde estão ocorrendo os problemas.

Os conflitos entre colaboradores podem afetar o clima organizacional. Nesses casos, é importante que o gestor ou responsável do departamento avalie a situação com cuidado para tomar uma decisão justa. Nesses casos, ter a ajuda de psicólogos, por exemplo, pode contribuir para analisar a situação com clareza. 

Vale ressaltar que os problemas também podem estar ligados à gestão e direção da empresa. Desse modo, é importante buscar maneiras de localizar o obstáculo nos níveis de administração.

2. Faça um diagnóstico sobre o problema

Quando o problema for localizado, é necessário avaliar o que está acontecendo de forma geral antes de tomar qualquer decisão. Mesmo que seja importante resolver a questão em pouco tempo para impedir que ela continue afetando o clima organizacional, cabe analisar o obstáculo com calma e atenção. 

Durante o processo, é fundamental fazer reuniões com as partes envolvidas e localizar o melhor caminho para resolver o obstáculo. Tomar decisões radicais sem avaliações bem estruturadas pode não resolver o problema da melhor forma.  

3. Busque uma solução que favoreça o clima organizacional

Na hora de conter o problema que esteja afetando a harmonia da empresa, é fundamental traçar um caminho que leve até a melhor solução. Para isso, é importante considerar o grau do problema e os impactos que as decisões tomadas podem gerar. 

Ter uma ajuda especializada pode identificar onde estão ocorrendo os obstáculos e implementar as soluções que estejam de acordo. Geralmente, os times que trabalham com a consultoria são formados por diferentes profissionais que podem ajudar de maneira ampla na resolução dos problemas.

 

4. Implemente as ações e acompanhe os resultados 

Após a localização, diagnóstico e busca pela solução do obstáculo, é hora de implementar as mudanças que foram determinadas após a análise. De acordo com as alterações, a adaptação pode levar algumas semanas. Por isso, é importante acompanhar de perto os resultados no clima organizacional. 

Investir em ações que melhorem o clima organizacional pode refletir de forma positiva nos resultados das empresas. Então, sempre avalie a harmonia entre os colaboradores e procure formas de motivá-los no cotidiano. 

 

Artigo escrito por Leandro Oliveira, redator na MadeinWeb