//Black Friday em tempos de pandemia: saiba mais

Black Friday em tempos de pandemia: saiba mais

A pandemia do novo coronavírus, também conhecido como Covid-19, gerou grandes impactos ao redor do mundo.

Afinal, com a chegada das recomendações de distanciamento para combate ao vírus, muitas pessoas precisaram se reinventar e se adaptar à nova realidade.

E entre essas mudanças, o modo de fazer compras foi uma das mais notáveis. Segundo o levantamento da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABCOmm), durante o período de isolamento, o Brasil vem registrando o surgimento de mais de uma nova loja virtual por minuto.

Para termos ideia, somente nos dois primeiros meses do surto, foram 107 mil novos e-commerces.

Ou seja, diante da impossibilidade de manter suas lojas físicas, a internet foi a solução esperada e que pode revolucionar até mesmo a Black Friday deste ano.

Segundo informações da Nielsen, entre os dias 16 e 22 de março, às compras online cresceram 112,4%, em relação à semana anterior. Isso corresponde ao total de vendas destes dispositivos durante a Black Friday de 2019.

Pensando nisso, elaboramos este artigo para explicar mais sobre como a pandemia irá impactar a Black Friday de 2020 e o que fazer para vender mais diante desse cenário. Vamos lá?

Afinal, como a pandemia pode impactar a Black Friday?

Confira a seguir como a pandemia do Covid-19 pode proporcionar mudanças na Black Friday deste ano:

1. Novos compradores digitais

Não apenas o volume de compras online aumentaram, mas sim, houve também um grande avanço de novos compradores.

De acordo com um estudo da Kantar, o número de pessoas que aumentaram seus hábitos de compras online saltou de 19% para 34%. Isso significa que, para a Black Friday deste ano, também é preciso levar em consideração os usuários inexperiente.

2. Produtos em alta durante a Black Friday

A pandemia também fez com que alguns setores estivessem em alta desde então. Segundo o estudo citado pelo Valor Econômico, os setores que registraram um aumento significativo desde março são:

  • Brinquedos;
  • Entregas;
  • Games online;
  • Supermercados;
  • Artigos esportivos.

3. Aumento do número de fraudes na Black Friday

Outro item que merece a atenção dos donos de e-commerce é que as tentativas de fraudes durante a Black Friday deve crescer de forma espontânea.

Um exemplo disso são os dados da ferramenta “Transparency Report”, do Google. Segundo ela, em janeiro deste ano, o número de sites inseguros para fornecer dados pessoais era de 36,1.

Dois meses depois, em março, já eram 159,3. Isso se resulta em um aumento de 441%. Por isso, todo cuidado será pouco durante o desenvolvimento da Black Friday.

O que fazer para vender mais na Black Friday 2020?

Agora que já entendemos os impactos do novo cenário em relação a Black Friday, veja abaixo algumas dicas para incluir em seu planejamento e alavancar as suas vendas na data comemorativa:

Planeje sua campanha

Uma das principais recomendações de especialistas é que as campanhas da Black Friday sejam bem planejadas. O ideal é iniciar com ao menos 3 meses de antecedência.

Além disso, como mencionamos acima, o número de novas lojas virtuais no Brasil cresce, e por isso, também analise os seus principais concorrentes e ofereça diferenciais.

Ofereça os produtos certos

Outra dica prática é aproveitar as oportunidades dos produtos em alta e entender o que o seu cliente considera importante no cenário atual. Oferecer produtos complementares e que possam ser atraentes pode alavancar as suas vendas na Black Friday.

Prepare o estoque

Também é extremamente importante que o seu negócio esteja preparado para a Black Friday. Aposte em produtos com qualidade e abandone a variedade na data comemorativa.

Afinal, oferecer descontos em todos os produtos da sua loja virtual não é viável. Selecionando os produtos a serem vendidos na Black Friday, você terá mais clareza sobre os resultados, além das chances de acabar com produtos encalhados tende a ser menor.

Com essas dicas, você poderá alavancar as suas vendas na Black Friday e obter vantagens competitivas para se destacar da concorrência!