//Descubra como atualizar sua empresa para a era digital com o Marketing 4.0

Descubra como atualizar sua empresa para a era digital com o Marketing 4.0

O Marketing 4.0 revoluciona a relação entre as empresas e seus clientes. Aprenda TUDO que você precisa saber sobre essa nova tendência. Uma nova era chegou e você não pode ficar para trás!!!

O comportamento humano e os avanços tecnológicos sempre caminharam lado a lado.

Ao longo da história, a maneira como agimos foi influenciada pela invenção ou descoberta de novas ferramentas.

O domínio do fogo nos permitiu viver fora das cavernas e caçar durante a noite, com as técnicas de agricultura fomos capazes de nos estabelecermos em locais fixos e a invenção da geladeira tornou possível armazenar alimentos por mais tempo.

No entanto, a internet parece ter sido a ferramenta responsável pela maior transformação no nosso comportamento.

Com ela mudamos nossa forma de nos comunicar, aprender e até de consumir.

Para acompanhar essas mudanças tão rápidas, o marketing 4.0 surge com a intenção de atender às novas demandas do mercado e do público.

Por isso, fique ligado! Sua empresa precisa se atualizar se quiser sair na frente.

Neste conteúdo, trazemos um guia COMPLETO sobre o marketing 4.0, os conceitos, as fases do marketing, as diferenças e os incríveis benefícios dessa nova tendência.

Confira os principais tópicos!

História das fases do marketing

A era do Marketing 4.0

Antes de começarmos, vamos embarcar nessa pequena viagem do tempo pela história. Afinal, será mais fácil compreender as mudanças se entendermos melhor as fases do marketing.

Então, se quisermos estudar o marketing 4.0, será preciso saber como eram suas versões anteriores, como elas surgem e por que se tornaram ultrapassadas.

Portanto, escolha um lugar confortável e aperte os cintos. Recapitularemos fatos importantes a seguir:

Marketing 1.0

Essa forma de se fazer marketing surgiu no período da primeira revolução industrial, século 19. Com a produção em grande escala de produtos e serviços, era preciso aumentar a demanda do público por esses produtos.

O marketing 1.0 ganha ainda mais força durante as guerras mundiais, quando as grandes potências industriais, EUA, Alemanha, URSS, França e Inglaterra, aumentam a produção industrializada.

Nessa que é a primeira das fases do marketing, o foco estava no produto! Alguma solução era inventada pela indústria e depois oferecida ao público.

Porém, as necessidades dos consumidores não eram levadas em consideração nesse período.

Por isso, essa estratégia se tornou ultrapassada e foi substituída pelo marketing 2.0.

Marketing 2.0

Quando mais empresas começaram a existir, as opções do público se tornaram mais amplas. Com essa nova capacidade de escolha, os clientes ditam as regras do jogo.

Assim, o MKT 2.0 surge com o objetivo de satisfazer os clientes. Nesse momento das fases do marketing, surgem ferramentas como a pesquisa de mercado e o CRM.

No entanto, os consumidores começaram a desejar além da simples satisfação de necessidades. Então, avançamos à terceira das fases do marketing.

Marketing 3.0

Phillip Kotler, um dos maiores teóricos da área, dividiu o 3.0 em três etapas: colaboração, cultura e espiritualidade.

Na fase 3.0, o objetivo está muito além de vender e satisfazer, a missão é tornar o mundo um lugar melhor.

O consumidor passa a criar laços emocionais com o produto na terceira das fases do marketing. Não se consome mais por necessidade, mas sim por paixão ou compaixão.

Grandes exemplos disso, são empresas de cosméticos optando por não testar seus produtos em animais ou o McDonald’s realizando doações com os ganhos conseguidos por meio das vendas de Big Mac.

Evolução do tradicional ao digital

A internet começou a invadir os lares do mundo na década de 1990. A partir de então, a maneira como a humanidade se comporta vem se transformando rapidamente.

Nesse contexto, o marketing 4.0 nasce a fim de atender às novas demandas por do público consumidor na era digital.

Por isso, agora vamos falar sobre essa nova forma de se fazer marketing, mais moderna e eficiente para todos.

O que é Marketing 4.0

Marketing 4.0 atração

Após nossa viagem no tempo pela história das fases do marketing, voltamos ao presente.

E estamos só a um passo do futuro!

No entanto, ainda antes de falarmos do tendência 4.0 precisamos relembrar o que é marketing por definição.

Relembrando o conceito de marketing

O Marketing é uma atividade destinada a entender e atender as necessidades e desejos dos consumidores.

Muitas pessoas podem confundir com a simples divulgação de um produto, mas sua função está bem além disso.

Para entendermos melhor, vamos falar sobre os 4 p’s do marketing: produto, preço, praça e promoção.

Esses p’s foram definidos por Jeremy McCarthy, em 1960.

Produto

O produto é aquilo que uma empresa oferece ao consumidor, seja ele o produto em si, um serviço ou uma ideia.

Sua função é atender as demandas do mercado.

Então, o trabalho do marketing aqui é interpretar as necessidades do público a fim de desenvolver uma solução.

Preço

Esse pilar é exatamente o que o nome diz, o preço de um produto.

Ele também é entendido como o valor agregado ao serviço/ideia, afinal, tudo tem um preço e um valor agregado.

O trabalho do marketing aqui é definir um preço ao produto. Comparar com a concorrência, estudar o custo de produção e definir um preço de mercado competitivo.

Praça

Praça é o estudo do local onde disponibilizar os produtos. A função do marketing é identificar a melhor disposição para vender o produto ou serviço.

Isso passa desde as prateleiras do mercado até a localização geográfica de uma loja física.

Promoção

A promoção é forma de divulgação de um produto.

Nesse pilar, o trabalho do marketing é realizar a publicidade e a propagando. Para isso, muito estudo se faz necessário.

Ocorre pesquisa do interesse do público, sua linguagem, informações socioeconômicas e afins.

O conceito de marketing 4.0

As definições teóricas foram escritas por Philip Kotler. O autor lançou o livro Marketing 4.0: Do tradicional ao digital, em 2017, após seis anos de pesquisa.

No marketing 4.0 Kotler defende existir a capacidade de atrair o consumidor por meio de conteúdos relevantes e segmentados.

Em outras palavras, essa nova tendência é capaz de tocar o coração, causar mudanças sociais e individuais. Ou seja, algo bastante semelhante à versão anterior.

A principal diferença está na forma como esses conteúdo são veiculados. O mundo digital é o ambiente em que a estratégia 4.0 existe.

Mas essa simples diferença é responsável por todas as outras mudanças entre essa tendência e suas versões anteriores.

Afinal, como diz o filósofo Marshall McLuhan: “o meio é a mensagem”. Se o meio passou a ser a internet, a mensagem também precisa se transformar.

Entenda a mudança dos 4 p’s para os 4 c’s

A mudança dos 4 p’s para os 4 c’s

Essas mudanças no comportamento humano causadas pela internet são tão profundas que até os 4 p’s precisaram se adaptar.

Esses antigos pilares passaram a ser 4 c’s: clientes, custo, conveniência e conversação.

Cliente

Dentro do marketing 4.0 a preocupação com o produto é substituída pela atenção ao cliente.

Porém, não estamos falando dos mesmo clientes da fase 2.0. Esses consumidores são de uma geração diferente, a geração conectada.

O público agora tem o poder de dialogar com as empresas, expressar opiniões e fazer críticas aos produtos.

Mais além, o cliente é o principal divulgador da marca.

As pessoas estão mais resistentes a anúncios, preferindo indicações feitas pelos amigos ou demais conhecidos próximos.

Custo

O preço se transforma em custo. Nessa fases 4.0, todos valores ligados à decisão do consumidor são levados em conta.

Questões como tempo, distância, dificuldade e afins são considerados na hora de definir preços e investimentos.

Conveniência

Na era digital, o consumidor busca por facilidade. Assim, a praça foi substituída pela conveniência.

Possibilitar a aquisição e a divulgação dos produtos em múltiplas plataformas on-line é essencial para quem deseja vender.

O investimento em redes sociais, buscadores da internet, e-commerces ou marketplaces é se torna diferencial para as empresas.

Conversação

Os consumidores conectados, como vimos, podem dialogar. Mais do que isso, eles querem dialogar.

O negócio capaz de produzir conteúdos relevantes, de interesse comum, atrai mais consumidores.

Para isso, a presença on-line se faz outra vez importante. Sua empresa precisa ser encontrada pelo site, pelo Facebook, pelo Instagram, pelo Google… enfim, em todos lugares da internet.

Estratégia 4.0 no Brasil

Infelizmente, essa nova era do marketing ainda não chegou a todos os mercados.

Teóricos e especialistas da área defendem que ainda existem países onde o Marketing 4.0 é só uma promessa.

Inclusive, no Brasil a estratégia ainda está parado na fase 3.0, mas já começamos a ver os indícios da nova tendência chegando.

Algumas empresas de inovação tem investido em Inbound. E elas já estão colhendo os frutos dessa iniciativa!!!

A nova era chegou!

Neste conteúdo, conseguimos entender as mudanças que a internet produziu no comportamento humano, nas fases do Marketing e no consumo.

Passamos pelas fases do marketing, suas características, as mudanças e os avanços do mundo.

O Marketing 4.0 é a tendência para o futuro. Com eles, uma empresa é capaz de atrair o público e gerar relevância ao seu ideal.

Por isso, não perca tempo! Acompanhe o ritmo dos consumidores e se adapte às novas tendências.

Esteja pronto para a nova era e acompanhe a evolução constante das fases do Marketing!