//Os tipos de máquinas injetoras de plástico e a sua importância no setor industrial

Os tipos de máquinas injetoras de plástico e a sua importância no setor industrial

Nos dias atuais é muito comum o uso diário de peças que sejam moldadas por meio de injeção plástica. Isso porque essas peças estão presentes em vários produtos e equipamentos usados no dia a dia das pessoas, indo desde peças de caráter automotivo à aparelhos eletrônicos, e máquinas de produção para o setor industrial.

Vale lembrar que o plástico é um material artificial, ou seja, não é vindo da natureza e sim criado em laboratório a base de elementos naturais até sua formação. É importante ainda informar que o primeiro material plástico foi desenvolvido pelo americano John Hyatt, em 1890. No Brasil, a primeira fábrica de plásticos foi a Bakon S.A que teve suas atividades iniciadas no ano de 1949. Confira alguns tópicos que serão abordados no conteúdo.

Tipos de processos para fabricação de peças plásticas

Materiais feitos com plástico são comuns no cotidiano de todos. Isso porque, as peças com injeção plástica são muito requisitadas na área industrial, uma vez que elas são responsáveis por dar vida a muitos produtos, em que muitas vezes até em itens que não se imagina que contenha plástico.

Porém para fabricar peças de plástico existe todo um processo, onde dependendo do lugar ao qual será utilizada e o formato que terá, será definido um tipo de fabricação pelo qual ela passará. No mercado, existem dois tipos de processos de produção mais utilizados no mercado, que são: a moldagem por injeção plástica e o processo por sopro.

Para entender melhor cada procedimento, a seguir discorre como funciona ambos os processos de fabricação, e sua importância.

Detalhes sobre o processo de injeção plástica

A fabricação pelo processo de injeção plástica se baseia em confeccionar uma peça de acordo com um molde contendo as especificações determinadas que o produto terá. Para isso, em primeiro instante é realizado o derretimento do polímero que será aplicado ao molde, formando assim o item desejado.

Esse processo é realizado por uma injetora de plástico, que é uma máquina especializada para a realização desse procedimento. Com isso, é feito todo o procedimento para a produção de cada peça, que deve ser feito da seguinte forma:

  • Fechamento do molde para fabricação da peça;
  • Injeção do material plástico;
  • Recalque;
  • Resfriamento da peça;
  • Abertura do molde;
  • Retirada da peça de dentro do molde.

Esse tipo de fabricação de peças de injeção plástica é muito comum para produção de peças para equipamentos eletrônicos, brinquedos em geral, buchas automotivas, pallets e muitos outros produtos.

Para a produção dos mesmos, existem três tipos de máquina para injetar plastico, sendo elas manuais, hidráulicas, híbridas e elétricas. Porém, a mais utilizada na maioria das fabricações de peças é a hidráulica.

Fabricação a partir do método de moldagem soprada

O processo de fabricação de moldagem por sopro é considerado um dos procedimentos mais difíceis de produção, e conta com maquinas sopradoras de plastico para realizar um dos três diferentes métodos de fabricação.

Método de moldagem soprada por extrusão: Esse procedimento é feito através de uma máquina extrusora, que utiliza um parafuso rotativo para empurrar o plástico derretido até um tubo de sopro contido ao redor de um molde.

O tubo é extrudado é colocado verticalmente entre as duas partes abertas do molde, para que eles possam fechar o tubo e pino molde. Desse modo, é aplicado ar comprimido pelo molde para inflar o tubo de sopro.

Método de moldagem soprada por injeção: Já para esse método, o polímero derretido é moldado no interior de um molde que possui uma forma oca. O plástico líquido é soprado para o molde de forma a se ajustar até formar a peça a

Método de moldagem soprada por estiramento: Sendo muito similar ao processo de moldagem por injeção, o plástico é transferido para o molde de sopro, que é aquecido e puxado antes de ser soprado. Dessa forma, o plástico adquiri mais forma e alongamento.

Esse processo é usado para fabricar partes que devem resistir a uma pressão interna maior além de necessitar de maior durabilidade.

A moldagem por sopro é um meio de fabricação de peças de plastico considerado mais barato em relação ao de injeção plástica, porém é um processo onde não é possível determinar a espessura que a peça terá.

Ele é a principal escolha para a confecção de produtos como garrafas em geral, embalagens de shampoo e detergente, óleo para motor, além também de recipientes como tubos, tambores plásticos e tanques de armazenamento.

Vale ainda ressaltar que para a produção de qualquer peça plástica, independentemente do método escolhido, pode ser utilizado um tipo de polímero plástico diferente.

Características dos plásticos utilizados para a fabricação das peças

Como já citado anteriormente, o plástico é um material sintético criado através de elementos naturais e é muito utilizado em injeção plástica. Eles são conhecidos como polímeros termoplásticos, e cinco tipos de materiais plásticos desenvolvidos a partir desses elementos, sendo os mais utilizados no setor industrial o polietileno, o polipropileno e o poliuretano.

Isso porque, o polietileno, também conhecido como PE, é utilizado para a fabricação de embalagens flexíveis como por exemplo sacos e sacos plásticas. Já o polipropileno ou PP, é utilizado principalmente para fabricar materiais de caráter médico e peças automotivas.

Quanto o PU, ou poliuretano, para a produção de peças industriais como selantes, materiais de vedações como gaxetas e peças de plástico que necessitem de maior rigidez.

Agora que você já sabe qual a função e como atuam as máquinas injetoras de plástico solicite o seu orçamento agora mesmo. Aproveite e deixe o seu comentário sobre o que achou do conteúdo!