//A importância do controle de matéria prima para sua indústria

A importância do controle de matéria prima para sua indústria

Neste artigo você vai conferir os seguintes tópicos:

A manutenção de um negócio não é uma tarefa fácil, e para que isso aconteça sem grandes problemas existem alguns fatores extremamente importantes. Entre eles está o controle de matéria-prima, as indústrias que desejam se destacar da concorrência precisam focar no controle de qualidade dos insumos que dão origem aos produtos que serão comercializados. 

Portanto, ter uma boa gestão de controle de insumos é fundamental para que os produtos atinjam alta qualidade e assim possam ser competitivos no mercado, uma vez que o setor produtivo enfrenta elevada concorrência.

Para ajudar nessa tarefa elaboramos esse conteúdo com as melhores dicas e alguns dos  impactos da falta de gerenciamento de matérias-primas. Se interessou? Então acompanhe a leitura até o final! 

O que é matéria-prima?

Vamos começar explicando o significado da matéria-prima. De maneira resumida, podemos entendê-la como todo o material que está presente no produto e que é utilizado na sua fabricação, tornando-se parte dele. Em outras palavras, são, por exemplo, os componentes de um celular ou as peças de uma válvula de retenção.

Existem três tipos de matéria-prima: vegetal, animal e mineral. Elas podem ser utilizadas no estado natural ou transformadas, quando são processadas por outra indústria e dão origem a um material semimanufaturado.

Um exemplo de matéria-prima é o algodão, que é colhido a partir de plantas. O algodão pode ser transformado em fio, que pode ser transformado em tecido, um material semi-acabado. Posteriormente, sendo então utilizado como matéria-prima em muitas outras indústrias para fabricar produtos, como peças de vestuário, por exemplo.

No caso da marcenaria, os exemplos de matérias-primas dos móveis fabricados são as madeiras, as porcas, os parafusos, as dobradiças e qualquer outro item que seja incorporado ao produto, fazendo parte dele e dando origem a algo acabado. No caso da matéria-prima mineral, ela é extraída do subsolo e composta por recursos naturais não renováveis, ou seja, que se esgotarão caso a sua exploração continue acontecendo. Dentre os exemplos, podemos citar a bauxita (utilizada para produzir o alumínio), o ouro e o cobre.

5 fatores essenciais para alcançar a excelência no controle de matéria-prima

Qualificação dos fornecedores

Um dos princípios de uma boa gestão de qualidade das matérias-primas na indústria é escolher bem os fornecedores. Porém, isso não é tarefa fácil, especialmente quando os insumos são advindos do exterior, como muitas vezes acontece com fabricantes de produtos industriais. Dessa forma, a melhor solução é efetuar pesquisas e estabelecer padrões de qualidade.

Quando você avalia com cuidado as suas opções, tende a contratar empresas que atendam suas expectativas. Assim, ao promover uma importação de matéria-prima, suas preocupações serão resumidas ao funcionamento do seu serviço, tendo a certeza de que os produtos fornecidos por terceiros são de boa qualidade e procedência. 

Conferência no recebimento

Para evitar o uso de matéria-prima inadequada, a conferência logo na recepção dos insumos é primordial, pois com a inspeção são identificadas falhas, impedindo assim que  material siga para as linhas de produção.

A qualidade das empresas fornecedoras é primordial, pois afeta diretamente aos seus serviços e a eficiência deles perante ao mercado. Por isso, avalie bem todas as suas opções e escolha sempre aquelas que irão de acordo com os valores de seu negócio.


Veja também:


 

Estabelecimento de padrões e testes

Criar padrões para matérias-primas é uma das formas de ter mais controle sobre os fornecedores. A padronização de processos é muito importante para as empresas porque garante a melhor forma de executar um trabalho. 

Por este motivo, padronizar os processos não significa engessá-los, mas sim apresentar a maneira que melhor contribui para a assertividade das atividades realizadas. 

Além disso, a realização de testes em laboratórios é certamente um investimento que vale muito a pena para indústrias, que conseguem ter certeza se a matéria-prima conta com as características de eficiência necessárias.

Controle de estoque

Assim como a inspeção na chegada dos produtos, o controle de estoque é outro fator importante para ter uma gestão eficiente de insumos, no qual apenas matérias-primas devidamente analisadas são enviadas para a produção e as que não, separadas das demais.

Diversos negócios vendem sem ter em estoque, dando um prazo longo de entrega. Com o público mais exigente, é natural que haja desistência.  

Para que isso não aconteça, mantenha a organização de saída e entrada de estoque e deixe descrito no site que o item está esgotado. A transparência é a solução perfeita para conquistar seu cliente.

Planejamento

O planejamento das compras de insumos com antecedência minimiza os impactos em casos de uso de matéria-prima de qualidade inferior, já que é possível realizar uma nova remessa e evitar atrasos.

É impossível obter grandes resultados sem um planejamento estratégico interessante. Isso faz com que empresas de todos os nichos, conquistem uma comunicação objetiva e entenda melhor as necessidades dos clientes, quem é, de fato, o público alvo e os desejos e cuidados para com seus funcionários.

Principais prejuízos da falta de uma boa gestão de qualidade de matéria-prima na indústria

Mais que afetar diretamente a qualidade do produto final, seja ele uma pequena peça ou um equipamento, como um martelete demolidor, por exemplo, a falta de uma boa gestão de matéria-prima causa outros diversos prejuízos. 

O principal deles é que pode acontecer a perda inteira da produção, haja vista que as indústrias realizam aquisições de insumos em alto volume para atender uma determinada demanda.

Além disso, perde-se o tempo usado pelas equipes de trabalho, utilização de maquinários, perda de outros insumos que são utilizados no mesmo processo de fabricação e, é claro, o custo de compra dos materiais. 

Outro resultado da má qualidade de insumos, é a ocorrência de atrasos nas entregas, uma vez que será necessária uma nova produção. Com isso, não somente a parte financeira é a atingida, como há perda de credibilidade frente aos clientes.

Enfim, os impactos negativos são inúmeros. Por essa razão, investir no controle de qualidade de matérias-primas é indispensável, seja para grandes indústrias ou pequenos fabricantes.

Conclusão

A organização dos materiais usados na fabricação de mercadorias faz com que as empresas controlem todo o processo de confecção dos produtos, do pedido até a entrega. 

Uma indústria que não consegue cumprir datas de entrega se não tiver os itens necessários para a produção, certamente terá muitos problemas. 

Logo, organizar os elementos que estão em estoque diminui os gastos e colabora para que o dinheiro seja empregado do melhor jeito possível, isso sem contar no aumento do lucro. 

Porém, para ter esses benefícios, é preciso seguir alguns métodos para aperfeiçoar a administração desses itens. 

Que vão desde a qualificação e planejamento de produtos, até a fiscalização e o estabelecimento de padrões. Isso seguindo todas as normas técnicas necessárias para esse controle.

Além disso, organizar o estoque adequadamente, utilizando algumas ferramentas de automação quando for preciso, e contar com fornecedores de confiança são outros detalhes a serem levados em conta.

Agora que você já sabe a melhor maneira de controlar a matéria-prima da sua indústria, que tal começar a colocar essas dicas em prática? 

Gostou do conteúdo? Conte para gente nos comentários e não deixe de compartilhar nas redes sociais. 

 

By |2021-11-26T17:28:50-03:0026 de novembro de 2021 |Indústria|

Sobre o autor:

Formado em Jornalismo pela Universidade Paulista. Decidiu cursar jornalismo porque sempre gostou de ler e impactar as pessoas com suas palavras. É Assessor de Imprensa e criador de conteúdo na Plataforma Soluções Industriais. Apaixonado pela escrita, compartilhar conhecimento e por futebol.

Leave A Comment

Segurança Digital Prospecção Industrial: como fazer? Meios de comunicação com seu cliente Medidor de pressão Industrial Fortaleça seu negócio