//Cuidados indispensáveis no transporte com empilhadeira

Cuidados indispensáveis no transporte com empilhadeira

Neste conteúdo vamos abordar os seguintes tópicos:

O transporte de materiais é uma atividade que demanda muito tempo e esforço quando realizada manualmente. Para efetuar essas tarefas de forma mais dinâmica e eficiente, muitas empresas contam com o auxílio e a locação de empilhadeiras para esses serviços. 

As empilhadeiras são pequenos veículos utilizados para mover e transportar objetos e cargas, que dificilmente poderiam ser feitas manualmente. Dessa forma o uso das empilhadeiras é uma forma de otimizar o tempo dos processos logísticos de uma empresa. 

As empilhadeiras são comumente utilizadas em fábricas, indústrias, construção civil, centros de distribuição e supermercados. Mas também podem ser usadas em qualquer ambiente que necessite de transporte de grandes cargas que se encontre empilhada.

Atualmente no mercado, existem diversos tipos, modelos e até o aluguel de empilhadeira, entre os modelos mais comuns estão, as elétricas, manuais, de combustão e portuárias. Cada uma delas com sua característica e a capacidade de atender demandas específicas. 

É importante ressaltar que as empilhadeiras foram desenvolvidas para o transporte de cargas em pequenas distâncias, por este motivo é fundamental que alguns cuidados sejam tomados para que a produtividade e segurança sejam mantidas

Porém, muitas pessoas ainda não sabem como utilizar as empilhadeiras com segurança. Pensando nisso no conteúdo de hoje, vamos falar tudo sobre empilhadeiras e os cuidados a se tomar na utilização delas. Se interessou? Então não deixe de acompanhar!

O que é uma empilhadeira?

As empilhadeiras nada mais são do que um veículo industrial que movimenta, transporta e empilha grandes volumes de cargas, mercadorias e objetos. 

Este equipamento substitui boa parte do esforço desnecessário que várias pessoas teriam que realizar manualmente. Nela há um assento que deve ser ocupado por um profissional habilitado para realizar o transporte e o manuseio de mercadorias. 

Outros modelos oferecem espaço para o operador trabalhar em pé, grande parte das empilhadeiras possuem dois garfos horizontais que são encaixados aos pallets de madeira e que servem de sustentação para outros materiais. 

Com os comandos corretos, o trabalhador consegue elevar ou abaixar a carga, de acordo com as necessidades do transporte. Toda essa tecnologia pode fazer parecer que a empilhadeira é um produto recente, mas não é. 

O aparelho foi inventado em 1917, pelo engenheiro Eugene Bradley Clark buscava uma maneira eficaz e barata de transportar cargas e que não necessitasse da força humana.

Com esse objetivo, uma espécie de caminhão com plataforma de três rodas e uma caixa com capacidade de transportar até duas toneladas foi batizado de TrucTractor. Desde então as empilhadeiras foram passando por transformações e evoluindo para ser o que são hoje.

Um equipamento pequeno e compacto, que dá muita mobilidade ao seu operador e é capaz de transportar grandes cargas. Sendo usada por diversas empresas ao redor do mundo.  


Veja também:


Qual conceito de empilhadeira?

As empilhadeiras são equipamentos de grande importância para as empresas e indústrias ao redor do mundo. Isso porque elas são as grandes responsáveis por fazer o transporte de cargas dos mais variados tipos.

Na logística industrial, elas permitem que as mais diversas mercadorias sejam entregues, com maior rapidez e menos esforço físico, para caminhões, veículos utilitários e galpões 

Para cumprir essas funções, o veículo precisa ser capaz de suportar quantidades elevadas de peso. Além disso, muitas vezes ele precisa contar com mecanismos resistentes para elevar cargas a determinada altura.

Para que o conceito e as funções das empilhadeiras sejam colocados em prática, é necessário que seus componentes estejam funcionando perfeitamente. Abaixo alguns dos principais que garantem a funcionalidade do equipamento.

 

  • Sistema hidráulico;
  • Compartimento para o motor;
  • Correia de elevação;
  • Garfos;
  • Alavanca de controle de mastro;
  • Plataforma de carregamento;
  • Mastro.

Como uma empilhadeira funciona?

Para que ela consiga transportar as mercadorias e cargas, todos os componentes acima devem estar em pleno funcionamento, por isso é sempre importante contar com revisões periódicas nas empilhadeiras. 

Após a confirmação de que está tudo certo, os garfos da empilhadeira serão encaixados em pallets, que são estruturas de madeira reforçada que possuem cavidades laterais próprias para o encaixe. 

Após isso é só adicionar os materiais que deseja transportar em cima dos pallets, assim o condutor da empilhadeira vai direcionar os garfos até a cavidade da estrutura de madeira e depois elevá-los de forma segura.

Dessa forma, poderá conduzir a estrutura numa velocidade moderada para o local onde deseja transportar as cargas. Podendo ser em realocações dentro da própria empresa ou para veículos de carga. 

Vale ressaltar que o condutor da empilhadeira precisa ser devidamente capacitado para a realização dessa tarefa. Tendo obrigatoriedade de passar por um treinamento concedido por uma entidade autorizada e certificada, que o habilite para exercer essa função.

Principais tipos de empilhadeiras disponíveis no mercado

Empilhadeira elétrica

As empilhadeiras elétricas funcionam por meio da energia elétrica vinda de baterias. Esse modelo é um dos mais usados atualmente e são bem silenciosos durante o uso.  

Existem alguns tipos de empilhadeiras elétricas capazes de elevar mercadorias até 15 metros do solo, outras indicadas para corredores estreitos e algumas feitas para locomoção em rampas.

Empilhadeira manual

Apesar das empilhadeiras possuírem como finalidade a praticidade e a preservação do esforço braçal, existem alguns modelos que precisam do esforço manual. 

É o caso das empilhadeiras manuais, nesse modelo o operador é quem guia o equipamento através do seu trabalho, no entanto não é necessário um grande esforço para operá-la, pois os equipamentos contam com roldanas e sistema de rolamento que facilitam a locomoção. 

Empilhadeira a combustão

As empilhadeiras a combustão podem ser movidas tanto a gás como a diesel. A vantagem desse modelo é a capacidade de transportar maiores cargas e mercadorias. 

Por outro lado acabam emitindo fumaça, o que pode ser prejudicial para ambientes fechados e também para o meio ambiente. 

Empilhadeiras portuárias

Essas empilhadeiras são diferentes dos outros tipos, principalmente pelo tipo de trabalho que realizam. Enquanto as outras costumam carregar poucas cargas por vez, as portuárias são utilizadas em grande escala, visando otimizar e agilizar o processo de carga e descarga de navios, podendo suportar até toneladas de mercadorias. 

Qual o valor médio de uma empilhadeira?

Podemos classificar os custos reais em uma empilhadeira em três tipos: custo financeiro, custo de manutenção e custo operacional. Para se calcular o custo real de uma empilhadeira, deve-se ter uma noção exata destes três componentes. 

Além disso, ao pesquisar sobre os valores médios de uma empilhadeira é necessário considerar como será sua aquisição, pois além de comprar existem lugares que oferecem locação de empilhadeira. 

Para uma aquisição definitiva, o preço do equipamento vai variar de acordo com o modelo e o tipo de utilização do veículo. Também é importante conhecer as funções e características do aparelho antes da compra. 

Caso opte pelo aluguel de empilhadeira, priorizar por empresas especializadas e que ofereçam uma boa relação custo-benefício, pode ser a melhor saída. 

Segurança no transporte 

Assim como acontece com qualquer outro tipo de equipamento, a operação empilhadeiras requer cuidados especiais para prevenir acidentes. Você sabe quais são os principais pontos de atenção? Abaixo separamos alguns pontos importantes. 

Certificação 

Para operar e guiar empilhadeiras são necessárias certificações e habilitações que atendam a Norma Regulamentadora 11 (NR-11). Que estabelece cursos teóricos e práticos para a operação desses equipamentos.

Outro ponto é que o operador de empilhadeira, deve considerar não apenas a capacitação técnica inicial, mas estar preparado para um treinamento contínuo. Pois a tecnologia faz a máquinas evoluírem e apresentarem novos recursos. 

Cuidados com a empilhadeira

Antes de movimentar o veículo, faça uma inspeção visual no equipamento, em busca de possíveis anormalidades. Verifique o peso das cargas e teste as funções da empilhadeira. 

Ao término do trabalho, limpe a empilhadeira ao final do trabalho, para evitar possíveis desgastes decorrentes ao mau uso do equipamento provocado por resíduos.  

E é claro, não deixe de realizar manutenções preventivas e periódicas na empilhadeira, pois além de evitar acidentes será possível prolongar a vida útil do aparelho.  

Transporte de pessoas

Umas das práticas que mais geram acidentes e ainda são muito comuns é a de transportar pessoas nas empilhadeiras, é importante lembrar que o equipamento foi desenvolvido para o transporte de cargas.

O transporte de pessoas nas empilhadeiras pode resultar em acidentes graves. Por isso evite subir no equipamento, nas torres de elevação e nem dê “carona” a outras pessoas.

Cuidados durante o percurso


Por fim, outra dica importante de segurança é ter bastante cuidado durante o percurso, evite passar por lugares estreitos, com muita movimentação de pessoas ou que não possua uma boa visibilidade.  

Caso a carga que esteja transportando tampe sua visão, opte por fazer o percurso em marcha ré, também tenha muito cuidado de subidas e descidas, pois são lugares suscetíveis a acidentes.

Conclusão 

Conhecer tudo sobre empilhadeiras, torna mais fácil compreender o motivo para ter cuidados indispensáveis no transporte desse equipamento. 

Contar com uma empilhadeira no seu negócio para o transporte de cargas é fundamental para aumentar a eficiência dos processos, além disso seu uso possibilita uma maior segurança aos objetos, pois evita quedas que podem danificar as mercadorias.

Ou seja, são capazes de organizar produtos com rapidez e eficiência, mantendo a integridade da mercadoria. Além disso, as empilhadeiras têm um excelente custo-benefício, pois reduzem o capital humano necessário para realizar as atividades de carga e descarga.

A escolha dos modelos depende muito do custo, tanto do aluguel de empilhadeira, quanto de manutenção e funcionamento. Por isso sua aquisição deverá ser feita conforme as necessidades do negócio, seja para locação de empilhadeira ou para compra.

Agora que você já sabe tudo sobre empilhadeiras e quais os principais cuidados a serem tomados no transporte desse equipamento, chegou a hora de adotar na sua empresa!

Gostou do conteúdo? Conte para gente nos comentários e não se esqueça de compartilhar nas redes sociais. 

By |2021-08-12T16:32:38-03:006 de agosto de 2021 |Indústria|

Sobre o autor:

Formado em Jornalismo pela Universidade Paulista. Decidiu cursar jornalismo porque sempre gostou de ler e impactar as pessoas com suas palavras. É Assessor de Imprensa e criador de conteúdo no Portal Soluções Industriais. Apaixonado pela escrita, compartilhar conhecimento e por futebol.

Leave A Comment

Segurança Digital Meios de comunicação com seu cliente Medidor de pressão Industrial Fortaleça seu negócio Erros que podem prejudicar as vendas da sua empresa