/, Indústria/Gemba: o que é e qual sua importância na indústria

Gemba: o que é e qual sua importância na indústria

Gemba é um conceito japonês que significa “lugar real”. Essa ideia se popularizou muito nos últimos anos pelo seu propósito de aplicação nas indústrias e em processos de manufatura. 

O Gemba é um conceito básico que incentiva os gestores das companhias a visitarem o lugar onde as coisas realmente acontecem em suas empresas, o “chão de fábrica”, que é o local onde toda a produção é feita. 

Diariamente, diversas demandas chegam nas mãos dos gestores e diretores  para serem resolvidas, e a tendência é que as decisões sejam tomadas dentro de uma sala sem o consentimento de quem trabalha diretamente nos processos de produção

No entanto, essa prática pode ser nociva para o desenvolvimento futuro da organização. O motivo é que, quando uma decisão que impacta diretamente nos processos de produção é tomada sem o conhecimento dos colaboradores do local, as mudanças provavelmente não farão tanto efeito. 

Dessa forma, o conceito Gemba chega para integrar a gestão e os setores de operação de uma indústria, como forma de tornar os processos mais dinâmicos e eficientes. 

Quer saber tudo sobre o Gemba e também entender a importância da aplicação desses conceitos nas indústrias? Então está no lugar certo. Acompanhe a leitura! 

O que é Gemba? 

Como citamos acima, a tradução de Gemba é “lugar real”, ou seja, o local onde as principais atividades da empresa acontecem. Nas indústrias, esse lugar é popularmente conhecido como “chão de fábrica”, que é onde as produções são realizadas. 

Dessa maneira, ir ao Gemba é ir e analisar tudo o que está acontecendo nesse ambiente, com o intuito de identificar problemas e apresentar melhorias para a otimização de processos.

Infelizmente sabemos que a aplicação desse conceito não é uma prática recorrente em muitas empresas. É comum que gestores ao identificarem gargalos na produção, tomem medidas corretivas sem conversar com quem trabalha no Gemba. 

Assim muitas informações importantes passam despercebidas e retornam futuramente em ciclo vicioso de correção de gargalos.   

Importância para a indústria

Se você ainda está se perguntando, Como o Gemba pode ajudar a melhorar os negócios da indústria? A resposta é simples.

Ir ao Gemba é caminhar pela área não apenas para conhecê-la, mas para retirar valor e insights ao analisar a forma com que os processos são realizados, como é possível resolver problemas ou até mesmo para fazer uma auditoria do trabalho.

O primeiro passo para entender quais são os principais problemas da sua operação é conhecer a fundo todos os processos e particularidades de sua própria operação. 

Ir ao Gemba é mais do que apenas visitar o chão de fábrica ou fazer uma caminhada pelo ambiente de trabalho.

É investigar como funciona cada processo, verificar se eles estão sendo executados como o planejado e perguntar para quem está no dia a dia quais são as dificuldades e o que pode ser feito para melhorar os processos.

Por este motivo, o Gemba é extremamente importante para a indústria que deseja se desenvolver e crescer mais em um mercado tão acirrado. É a partir deste momento, que o gestor realmente vai entender o que deve ser feito.

Como funciona?

Para colocar em prática, o gestor deve ir ao Gemba para entender como ocorre todo o processo de produção de uma indústria de discos de corte, por exemplo. Nessa visita, é importante observar as máquinas e equipamentos utilizados, assim como os colaboradores envolvidos na operação.

É essencial que durante a visita sejam feitas anotações sobre o que foi observado. Caso seja necessário, converse com os operadores e trabalhadores que estão a mais tempo à frente dos processos de produção. 

Afinal eles estão ali diariamente e possuem bastante conhecimento sobre as operações diárias.

5 dicas para começar a aplicar o Gemba

Para que não haja dúvidas na hora de aplicar os conceitos do Gemba na sua indústria, separamos 5 dicas preciosas para iniciar. Confira abaixo! 

Tenha um bom relacionamento com a equipe

A primeira dica pode parecer meio óbvia, mas é sempre importante ressaltar. É essencial manter bons relacionamentos com sua equipe e estar sempre próximo a todos. 

Por ficarem constantemente no ambiente, seus funcionários poderão identificar melhor as necessidades e ter ideias diferentes das suas. Por isso não deixe de acolhê-los e conversar sempre que preciso. 

Mantenha-os engajados em todo o processo para que o time esteja alinhado com a proposta de melhoria para otimizar os processos e evitar dores de cabeça.

Acompanhe de perto o que acontece em sua operação

Atualmente, diversos softwares disponibilizam informações em tempo real sobre seu negócio, o que permite acompanhamento constante e boa visualização de todo o processo.

Contanto com um sistema bom, é possível fazer uma gestão e orientar a execução de processos mesmo à distância. Monitoramento da produtividade e também dando dicas do que pode ser melhorado. 

Com ou sem o auxílio da tecnologia, o importante é observar atentamente como funcionam os seus processos e como é a dinâmica do chão de fábrica.


Veja também:


 

Foque no processo, não nas pessoas 

Vale ressaltar que o conceito Gemba não é o momento para avaliar o desempenho individual de cada colaborador ou da equipe de maneira geral, essas avaliações podem e devem ser feitas em momentos distintos. 

O principal propósito do Gemba é entender os processos, identificar possíveis gargalos e ter ideias para possíveis melhorias. Caso foque em desenho, pode encontrar uma certa resistência por parte da equipe. 

Registre suas observações

Ao longo da visita, faça anotações sobre tudo que achar oportuno e deixo tudo especificado para que não se perca nas próprias anotações. Registre o dia da visita, com quem falou, qual setor visitou e o que foi identificado.

Caso seja necessário, grave vídeos dos processos mais importantes. Assim, você terá um histórico de todas as visitas ao Gemba e poderá revisá-las quando quiser.

Identifique problemas e oportunidade de melhorias

Depois da visita ao Gemba, revise suas anotações e procure identificar possíveis problemas e oportunidades. Colete dados e indicadores que darão base para você estruturar o projeto de melhoria.

Em seguida, reúna todas as informações levantadas e debata com a equipe para que assim o problema seja identificado na raiz. Não caia na armadilha de deixar soluções temporárias virarem permanentes, é importante encontrar as verdadeiras causas do problema. 

Conclusão 

Como observamos durante o conteúdo, o Gemba é uma prática que pode trazer inúmeros benefícios para uma indústria de câmaras de refrigeração e de outros segmentos, por exemplo. Porém, não adianta achar o entender o conceito e não colocá-lo em prática.

Vá regularmente até o Gemba, caminhe, observe e analise, ao reservar um tempo para essas ações, logo entenderá tudo o que se passa nos processos de operação da indústria em que gere. 

Não se esqueça de que assim que surgir um problema referente a produção ou gargalos que impeçam a continuidade do processo, o primeiro passo é correr até o Gemba. Só assim será possível resolver com assertividade.

Antes de tomar quaisquer ações sobre as suas observações do Gemba, você precisa organizar seus insights e anotações. 

Lembre que o Feedback é essencial, porém, um feedback antecipado ou mal dado pode ser o início de um grande problema. Dessa forma analise tudo o que deve ser feito e coloque as ações em prática.

Agora que você já sabe tudo sobre o Gemba, que tal adotar esse conceito na sua indústria?

Gostou do conteúdo? Conte para gente nos comentários e não deixe de compartilhar nas redes sociais.

By |2022-03-17T16:51:26-03:0018 de março de 2022 |Gestão, Indústria|

Sobre o autor:

Formado em Jornalismo pela Universidade Paulista. Decidiu cursar jornalismo porque sempre gostou de ler e impactar as pessoas com suas palavras. É Assessor de Imprensa e criador de conteúdo na Plataforma Soluções Industriais. Apaixonado pela escrita, compartilhar conhecimento e por futebol.

Leave A Comment

Whatsapp Marketing para o Empreendedor Vendas no Instagram Vendas industriais e internet Vantagem Competitiva Tecnologia no Marketing