//Piso industrial: quais os tipos e diferenças?

Piso industrial: quais os tipos e diferenças?

O piso industrial, popularmente conhecido como piso de alta resistência, foi desenvolvido para ambientes que recebem muitas cargas, veículos e um grande fluxo de pessoas. 

Esse modelo de piso é bastante utilizado em fábricas, indústrias, estacionamentos e supermercados. Sua composição conta com placas de concreto e materiais emborrachados que aumentam a durabilidade.

Para sua instalação é de extrema importância, uma análise de infraestrutura que envolve desde o terreno de fundação, estudo do solo, entre outros detalhes técnicos, para a aplicação do piso. 

Isso porque, além de oferecer segurança e praticidade, eles precisam ser mais resistentes e duradouros do que os revestimentos usados em projetos residenciais.

Entretanto, muitas pessoas não conhecem as diferenças entre pisos e qual a funcionalidade de um piso industrial. Por este motivo, no artigo de hoje vamos mostrar tudo sobre esse item, gostou? Então vamos lá!

Importância dos pisos industriais

A escolha dos pisos industriais para lugares com grande movimentação de pessoas, veículos e cargas é essencial. Pois esses locais devem apresentar a resistência necessária para esse tráfego evitando manutenções futuras.

O piso industrial pode ser construído em concreto simples, desde que este esteja sobre uma estrutura de ferro que possa controlar as tensões do local e servir como reforço para suportar grandes pesos. 

Desta forma, a estrutura de ferro abaixo da placa de concreto irá fornecer sustentação e segurança para a instalação dos pisos, sendo o alicerce para garantir todas as funcionalidades do piso industrial.  

Tipos de pisos industriais

Atualmente no mercado existem diversos pisos industriais disponíveis, cada um deles projetado para atender as necessidades de cada ambiente. Abaixo separamos alguns deles.

Piso epóxi industrial

O piso epóxi industrial é o mais utilizado em espaços industriais como armazéns, garagens, oficinas e hospitais. Ele é muito escolhido por conta da sua grande durabilidade.

O revestimento desse modelo de piso é feito com uma base de resina epóxi com um  endurecedor, que quando misturados com outros agentes químicos, ganham rigidez e brilho.

Antes de colocar o piso epóxi industrial no ambiente, é necessário uma inspeção completa no local para saber se o concreto possui rachaduras, infiltrações, umidades ou marca de óleo.

Piso industrial de concreto polido

O piso industrial de concreto polido é ainda mais resistente que epóxi, além de apresentar alta resistência a impactos, produtos químicos, bactérias, manchas e umidade. 

O acabamento espelhado do piso industrial de concreto polido facilita a limpeza, o escoamento da água e evita poeiras no ambiente. É bastante indicado para estabelecimentos ou fábricas com uma grande concentração de pessoas.

Piso industrial vinílico

Esse tipo de piso industrial não é tão resistente quanto os outros. No entanto, sua instalação é rápida e simples e é visualmente mais agradável.

O piso industrial vinílico é recomendado para locais que precisam de uma boa aderência, porém com um fluxo menor de funcionários e clientes. Além disso, oferece mais segurança ao ambiente por não ser escorregadio.

Piso emborrachado

O piso emborrachado também é uma excelente opção de piso industrial para ambientes com alto tráfego. Pois oferece uma melhor sensação ao caminhar. 

Apesar de ser menos resistente que o concreto, o piso industrial emborrachado se comporta bem em contato com a água e o fogo. Além de ser um bom isolante térmico e acústico, deixando o ambiente mais agradável.

Gostou do conteúdo? Conte para gente nos comentários e compartilhe nas redes sociais.