//Setores da indústria que não param de crescer

Setores da indústria que não param de crescer

A pandemia do Covid-19 trouxe diversos aspectos negativos para a sociedade, em especial para a saúde pública e econômica do país. Com a necessidade de isolamento social e medidas restritivas, muitas empresas viram seu faturamento encolher e se depararam com uma situação de sobrevivência delicada. 

No período inicial da pandemia muitos negócios tiveram que se adaptar a uma nova realidade e às necessidades do momento. Diversas organizações não conseguiram se adequar a essas mudanças de forma tão repentina. 

A implantação de modelos de teletrabalho, adaptação a rotina home-office, desenvolvimento de um novo relacionamento com o cliente e lucros não muito estimulantes, são alguns dos exemplos, que fizeram muitas empresas fecharem as portas durante o período. 

Na contramão da crise, muitos setores apresentaram um bom crescimento ao longo de 2020, com o caso de alguns setores da indústria, que não pararam de crescer. Segundo a Pesquisa Industrial Mensal (PIM), realizada pelo IBGE, as indústrias brasileiras tiveram crescimento por oito meses consecutivos, entre abril e dezembro de 2020. 

Após mais um ano de muitas incertezas trazidas pela pandemia do coronavírus, neste artigo vamos mostrar alguns setores que vem se destacando e crescendo nos últimos anos. Ficou interessado? Então acompanhe a leitura. 

Indústria farmacêutica 

Em função da crise sanitária e da mudança do comportamento das pessoas em relação aos cuidados com a saúde, a indústria farmacêutica teve uma forte alta, que deve se manter nos próximos anos.

Segundo dados da IQVIA, o faturamento do mercado farmacêutico cresceu 13,6% de janeiro a outubro de 2020. Nesse período, o volume movimentado pelas indústrias do ramo foi de cerca de R$113,02 bilhões.

O mercado farmacêutico certamente continuará crescendo, se desenvolvendo e criando muitas oportunidades de negócios e deve se manter em alta com a produção de novos medicamentos, suplementos e com as vacinas contra a covid-19.

Transporte e logística

O setor de transporte e logística, se reinventou durante a pandemia. Impulsionado pelo alto volume de compras online e o crescimento dos e-commerces, o ramo teve uma forte alta em 2020. Serviços de entregas via aplicativo, transportadoras e serviços de cargas, são alguns dos exemplos.

As facilidades do mundo virtual chegaram para ficar e para essa tendência dar ainda mais certo, as empresas de transporte e logística são fundamentais para isso. O setor tem tudo para continuar em alta nos próximos anos e para isso acontecer é essencial que os empresários da área busquem estratégias para se manter à frente do mercado.

Artigos de vestuário e acessórios

Alavancado pela produção de máscaras, a indústria têxtil acumulou grandes resultados no último ano, movimento que deve continuar aumentando nos próximos anos. A Associação Brasileira da Indústria Têxtil (ABIT), estima que a produção de vestuário e artigos no país crescerá 23% em 2021, podendo chegar a 5,81 bilhões de peças produzidas durante o ano.

Isso significa que a confecção de roupas, máscaras, joias, calçados e todos os tipos de vestimentas estarão com muita demanda no mercado.

Tecnologia 

Se adaptando ao novo normal, o setor de tecnologia sem dúvida nenhuma foi o que mais se destacou. Reflexo da busca das companhias por inovação e também pela necessidade de tornar as operações digitais flexíveis por conta do isolamento social. 

De acordo com um levantamento realizado pela empresa de tecnologia GeekHunter. O número de vagas disponíveis no setor cresceu por volta de 310% em 2020. Isso nos mostra que as indústrias do mercado tecnológico foram totalmente na contramão da crise e tem tudo para alavancar ainda mais o crescimento nos próximos anos. 

Agora que você sabe os setores da indústria que não param de crescer, o que acha de iniciar um empreendimento em uma dessas áreas? Gostou do conteúdo? Conte para gente nos comentários e não deixe de acompanhar nossas novidades.